Campeão mundial, Podolski anuncia despedida da seleção da Alemanha

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Instagram/poldi_official

    Podolski ganhou fãs no Brasil após interagir com os torcedores durante o Mundial de 2014

    Podolski ganhou fãs no Brasil após interagir com os torcedores durante o Mundial de 2014

O meia-atacante Lukas Podolski informou em suas redes sociais que não defenderá mais a seleção da Alemanha. Campeão da Copa do Mundo de 2014, o jogador representou o selecionado germânico por 12 anos. Em seu comunicado, Podolski lista boas lembranças com o time da Alemanha, mas informa que é o momento de priorizar a família e sua fundação Podolski, direcionada ao desenvolvimento de crianças através do esporte.

Reserva da Alemanha na Copa, Podolski, de 31 anos, continuará defendendo o Galatasaray, da Turquia.

Na passagem pelo Brasil em disputa da Copa do Mundo, Podolski colecionou fãs após interagir com o público durante toda a competição. Bem humorado, o atleta postou mensagens em português e fez a alegria da torcida do Flamengo ao vestir por diversas vezes a camisa rubro-negra, semelhante ao uniforme reserva da Alemanha no Mundial daquele ano.

Confira o comunicado de despedida:

Olá fãs,

Depois de doze anos e sete grandes torneios, chegou a hora. Eu quero dizer a você hoje, que eu chamei o treinador Löw para informá-lo que eu não vou fazer parte da seleção. Eu estou em um ponto na minha carreira onde eu quero reduzir o ritmo. Agora, meu foco será destinado a outros aspectos. O meu clube. Minha fundação. Obviamente, minha família, minha esposa e meus dois filhos.

Foi uma decisão difícil de fazer. Para mim, a seleção da Alemanha sempre foi e sempre estará no coração. Sinto um grande orgulho: o quão incrível foi, com todas lembranças nestes doze anos. Foi uma experiência incomparável de alegria tanto, paixão, emoção e união. Este menino de dois anos, chegando à Alemanha com uma bola debaixo do braço, vencendo a Copa do Mundo - eu vivi meu sonho. Nós ganhamos muito com a seleção. Eu vi tantos países e cidades, encontrei tantas pessoas, tantos momentos inesquecíveis. Tem sido uma viagem e tanto. Obrigado, Federação Alemã. Obrigado, meus colegas jogadores. E sinceros agradecimentos a meus treinadores: Obrigado, Rudi Völler. Obrigado, Jürgen Klinsmann. E acima de tudo, graças Jogi Löw!

Meu agradecimento aos fãs por todo apoio, não poderia ser maior. Vocês têm sido surpreendentes! 

Meu agradecimento aos fãs por todo apoio, não poderia ser maior. Vocês têm sido surpreendentes! Vocês sempre tiveram fé. Vocês nunca me abandonaram, eu sempre pude contar com você. Esta conexão tem sido tão importante para mim. Eu deixarei a seleção, e é isso que eu vou sentir mais falta: a proximidade com os fãs. Para tudo e todos: Obrigado! Para a equipe alemã, os meus melhores votos. Vamos defender este grande título em 2018 e continuar com esse troféu maravilhoso. A partir de hoje eu vou manter meus dedos cruzados, como mais um fã da 'Mannschaft' [como é chamada a seleção alemã'.

Do seu número 10

 

Poldi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos