Abel revela ter dito não a proposta do Inter para voltar em 2016

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Cristiano Andujar/Getty Images

    Abel Braga treinou Inter pela última vez em 2014 e foi procurado para voltar

    Abel Braga treinou Inter pela última vez em 2014 e foi procurado para voltar

Abel Braga quase voltou ao Internacional há pouco tempo. Nesta terça-feira (16), o treinador revelou ter recebido convite para assumir o time, em meio a má fase no Campeonato Brasileiro. Comandante nas conquistas de 2006, ele não contou se a proposta foi enviada para substituir Argel Fucks ou Paulo Roberto Falcão.

"O futebol é muito dinâmico, muito rápido. Eu tive convite daqui (Inter) nesse ano, não só daqui, nem gosto de falar nisso. Mas tive. Só que não gosto de pegar no meio do ano. Não posso ser cobrado, não montei nada (elenco). E nem tenho que vir para salvar nada", disse Abel Braga à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre.

A revelação foi feita no intervalo do jogo comemorativo aos 10 anos da conquista da primeira Libertadores do Inter. Abel Braga ainda comentou a saída no final de 2014, após terminar o Brasileirão em terceiro.

"Quando acabou o jogo contra o Figueirense (em Florianópolis, na última rodada), liguei para minha mulher e falei, ainda de dentro do vestiário: 'vou ganhar de novo a Libertadores'. Estava convicto que ficaria. Era o que achava. Eu pensei que ia continuar", afirmou.

À época, a chapa vencedora da eleição presidencial correu atrás de Tite. A demora em procurar Abel Braga inviabilizou acordo. O treinador afirma que foi por um compromisso com o Al-Jazira, mas nos bastidores a versão é de que as partes se indispuseram pela postura da diretoria. O treinador do Inter em 2015 acabou sendo Diego Aguirre.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos