Aos 73, morre Laor, ex-presidente do Santos

Do UOL, em São Paulo

  • Priscila Gomes/UOL

    Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, o Laor, estava internado no hospital Albert Einstein

    Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, o Laor, estava internado no hospital Albert Einstein

Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, ex-presidente do Santos, morreu na madrugada desta terça-feira (16). Laor, como era conhecido, estava internado no hospital Albert Einstein com um tumor maligno no reto. Ele tinha 73 anos.

Laor presidiu o Santos entre dezembro de 2009 a maio de 2014. Durante este período, o clube conquistou os títulos da Libertadores, Recopa Sul-Americana, Copa do Brasil (todos uma vez) e três Campeonatos Paulistas. Além das taças, a passagem de Laor pela presidência do Santos também foi marcada pela polêmica transferência de Neymar ao Barcelona.

Com histórico de doenças cardíacas e pulmonares, Luis Álvaro já enfrentava dificuldades com a saúde enquanto estava na presidência do Santos – ele se licenciou do cargo em 2013 por exigência médica e depois renunciou. No começo de 2016, Laor foi internado com um quadro de colite. Foi necessária uma cirurgia para retirar parte do intestino.

Após receber alta, Luis Álvaro começou a fazer um tratamento de quimioterapia em junho para se tratar de um tumor no intestino.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos