Conversa com Miranda deixa ida de Gabigol à Inter mais duvidosa

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Rivaldo Gomes/Folhapress

    Gabriel e seu pai, Valdemir Barbosa, fizeram uma 'pesquisa' sobre o time de Milão

    Gabriel e seu pai, Valdemir Barbosa, fizeram uma 'pesquisa' sobre o time de Milão

O futuro de Gabigol está cada dia mais duvidoso. E sua transferência para a Internazionale, da Itália, um dos clubes que disputa a sua contratação, foi colocada em xeque após uma espécie de pesquisa feita pelo estafe de Gabriel. Eles procuraram informações sobre o clube de Milão após receberem a proposta oficial.

O UOL Esporte apurou que o zagueiro Miranda foi um dos consultados. Os dois estreitaram relacionamentos na seleção brasileira, quando disputaram a Copa América Centenário nos Estados Unidos, em junho deste ano.

Após as recentes conversas, por telefone, Gabigol não ficou empolgado com a transferência para o clube de Milão. Mais do que isso. Ele ficou duvidoso. O camisa 10 do Santos descobriu que a Inter passa por uma transição após ser vendida por um grupo de empresários chineses.

Além disso, Gabigol foi avisado que a Internazionale não possui uma equipe muito competitiva e com poderio para brigar por títulos atualmente. Vale ressaltar que o atacante santista é extremamente competitivo e ambicioso por títulos. Após receber a proposta da Juventus, da Itália, ele chegou a avisar ao Santos que não aceitaria, pois pretende ser campeão brasileiro pelo clube paulista esse ano.

Além de ver que a Inter está fora da Liga dos Campeões, o santista ficou sabendo que o próprio Miranda busca uma transferência nos bastidores, pois pretende voltar a disputar a Champions. A Roma, da Itália, seria um dos clubes interessados no ex-zagueiro do São Paulo.

Gabigol só decidirá o seu futuro após o término dos Jogos Olímpicos. O atacante é titular da seleção brasileira que se classificou para enfrentar a seleção de Honduras na semifinal da competição.

O Santos está decidido a vender o jogador, desde que o clube receba 18 milhões de euros, no mínimo, na transação.

Segundo Wagner Ribeiro, a maior proposta pelo atacante vem do Leicester, da Inglaterra, que sinalizou com o pagamento de 27 milhões de euros (R$ 94,3 milhões). Modesto Roma, presidente do Santos, diz não ter recebido nenhuma proposta oficial do clube inglês.  

A Internazionale de Milão ofereceu 25 milhões de euros (R$ 87,3 milhões), superior a Juventus, que quer desembolsar 20 milhões de euros (R$ 69,8 milhões).

O Atlético de Madri, ainda de acordo com Wagner, ofereceu o mesmo valor da Juventus e tem esperanças de contratar o atacante. Para este caso, Modesto Roma admitiu que esteve com o presidente do Atlético de Madri, mas disse que não recebeu proposta pelo atacante. Segundo ele, a conversa foi sobre parcerias para o futuro.

O UOL Esporte entrou em contato com o estafe de Gabriel para confirmar as informações, mas não teve a suas ligações atendidas. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos