Inter celebra título de 2006 com filho de Fernandão e goleador de 70 anos

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Filho de Fernandão, ao centro, abraça Tinga antes de participar de jogo festivo

    Filho de Fernandão, ao centro, abraça Tinga antes de participar de jogo festivo

Os 10 anos da primeira Libertadores do Internacional foram comemorados com festa e emoção. Nesta terça-feira (16), o Colorado reuniu jogadores de 2006 e atletas de outras épocas para celebrar a campanha histórica. Enzo, filho de Fernandão, foi protagonista da cena mais emocionante. Dadá Maravilha mostrou vitalidade para jogar aos 70 anos.

A presença de Enzo serviu como tributo ao capitão do time campeão da América. Vítima de acidente aéreo em junho de 2014, Fernandão também foi homenageado no telão.

Além de Enzo, a celebração teve gol de Dadá Maravilha. Ídolo da década de 1970, o ex-atacante entrou no segundo tempo e resistiu no gramado por quase meia hora. Perto do fim, ele cobrou pênalti e marcou um dos gols da noite. Ainda teve tempo de dar pedalada e dribles.

Marinho Saldanha/UOL

Nenhuma passagem, contudo, foi mais emocionante do que o lance registrado aos 26 minutos. Enzo recebeu lançamento de Tinga, o impedimento foi marcado e depois cancelado. Com o número nove às costas, ele correu em direção ao gol e chutou fora do alcance de Marcelo Boeck. Jogador das categorias de base do Inter, o filho de Fernandão repetiu feito do pai.

"Fazer um gol onde meu pai fez tantos é muito gratificante. Muito legal. O meu pai contava muitas contas, falava que era muito legal. Espero um dia ser jogador como ele foi", disse Enzo após o jogo.

Ao ser substituído, Enzo assistiu vídeo de Fernandão levantando o estádio após o Mundial de Clubes. No banco de reservas, foi abraçado por Rafael Sóbis e Clemer.

O jogo também teve reprodução de uma cena histórica. Assim como ocorreu na final contra o São Paulo, Tinga marcou gol e na comemoração levantou a camisa. Em 2006, o gesto rendeu expulsão e o vermelho foi repetido. Márcio Chagas, árbitro da partida comemorativa, chamou Tinga de volta para o gramado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos