De empresário a técnico: onde está o elenco do Inter da Libertadores 2006

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Antonio Gauderio / Folhapress

    Conquista do Inter em cima do São Paulo completa exatos 10 anos nesta terça (16)

    Conquista do Inter em cima do São Paulo completa exatos 10 anos nesta terça (16)

Dez anos depois do título inédito da Copa Libertadores, o Internacional se rende em homenagens ao time que entrou para história. Do elenco que bateu o São Paulo em 16 de agosto de 2006, 10 jogadores já se aposentaram e muitos deles voltaram ao Colorado nos anos seguintes. Seja para jogar ou atuar em outras funções.

A lista dos campeões tem de treinador a dono de posto de gasolina e fabricante de panelas. O UOL Esporte mostra a relação e onde estão os jogadores que fizeram o Inter campeão da América pela primeira vez.

Clemer: se aposentou em 2009 e seguiu no Inter. Primeiro como preparador de goleiros e depois treinador nas categorias de base. Chegou a ser interino do time principal e deixou o clube em 2015, após destacada passagem. Foi campeão estadual neste ano, com o Sergipe. Hoje está desempregado.

Marcelo Boeck: camisa 12 na Libertadores de 2006, jogou por Marítimo e Sporting. Em fevereiro, voltou ao Brasil para atuar pela Chapecoense.

Renan: virou titular do Inter em 2007, foi vendido ao Valencia-ESP e voltou em 2010. Após ser campeão da Libertadores de novo, deixou o clube. Está no Goiás desde então.

Bolívar: saiu para o Monaco-FRA após o título e voltou ao Beira-Rio em 2008. Ficou no clube até 2013, quando assinou com o Botafogo. Atualmente é empresário, dono de uma rede de postos de gasolina, e estuda para ser treinador.

Fabiano Eller: jogou no Atlético de Madri-ESP em 2007 e voltou ao Inter dois anos mais tarde. Ganhou a Libertadores de 2010 e saiu uma temporada depois. Rodou por Al-Ahli, São José-POA, Brasil de Pelotas, Audax-RJ, Red Bull Brasil e Náutico. Agora está no Joinville.

Ediglê: depois do Inter, zagueiro passou por Marítimo-POR, Portuguesa, Náutico, Linense, Ferroviário, Esportivo-RS, Nacional-AM, Passo Fundo-RS, Tubarão-SC e Fast Clube. Atualmente está sem clube.

Índio: permaneceu no Inter até o fim de sua carreira, em 2014. Hoje é comerciante, no interior de São Paulo, e representa o clube gaúcho em eventos consulares.

Élder Granja: depois do Inter, defendeu Palmeiras, Atlético-MG, Vasco e uma lista de clubes brasileiros. Jogou pelo Juventus-SP até maio e agora está sem clube.

Ceará: esteve na França, Cruzeiro e Coritiba. Aos 36 anos, voltou ao Inter após imbróglio por lesão revelada em exame. Se recupera de lesão e assinará até o final de 2017.

Divulgação/Site oficial do Coritiba
Edinho, hoje no Coritiba

Rubens Cardoso: passou por Coritiba, Bahia, Feirense-POR e mais clubes menores do Brasil. Se aposentou em 2012, treinou o Amparo, da quarta divisão paulista, no ano passado, e atualmente está sem clube.

Wellington Monteiro: no primeiro semestre deste ano, atuou pelo Guarani de Venâncio Aires, no interior gaúcho. Hoje, está registrado no União-PR.

Edinho: ficou no Inter até 2008, quando foi vendido ao Lecce-ITA. Depois, jogou por Palmeiras, Fluminense e Grêmio. Recentemente se transferiu para o Coritiba.

Paulo César Tinga: jogou no Borussia Dortmund, da Alemanha, voltou ao Inter e foi campeão da Libertadores de 2010. Se transferiu para o Cruzeiro e lá anunciou aposentadoria. Atualmente estuda para ser dirigente de futebol.

Fabinho: se aposentou no final de 2009 e desde então divide a carreira em duas. Atua como executivo de futebol, com passagem por Bangu, Bom Sucesso e Anápolis-GO e corretor de seguros.

Perdigão: depois de jogar pelo Inter, passou por Vasco, Corinthians, São Caetano e Mixto. Se aposentou em 2011 e desde então tem empreendimentos no Paraná.

Jorge Wagner: saiu do Internacional logo após o título e fechou com o Bétis-ESP. Voltou ao Brasil para jogar pelo São Paulo, em 2011 foi para o Kashiwa Reysol-JAP e em 2014 assinou com o Botafogo. No ano seguinte fechou com o Kashima Antlers-JAP e em 2015 jogou pelo Vitória. Atualmente está sem clube.

Michel: em 2007 saiu do Inter e iniciou peregrinação. Depois de 12 clubes, jogou no Brasil de Farroupilha, do interior do Rio Grande do Sul. Planeja atuar até 2018 e está livre desde julho.

Reprodução/site do Inter
O meia Alex

Mossoró: em 2008 fechou com o Marítimo-POR, depois passou pelo Braga-POR e Al-Ahli. Desde 2014 joga pelo Istanbul BB, da Turquia.

Adriano Gabiru: último contrato foi com o Panambi, do interior do Rio Grande do Sul, em 2015. Participa de eventos do Inter.

Alex: ficou no Inter até o começo de 2009, quando fechou com o Spartak Moscou. Ainda passou por Corinthians e Al-Gharafa antes de voltar ao estádio Beira-Rio, em 2013. Segue no clube e tem contrato até o final do ano que vem.

Fernandão: deixou o Inter em 2008, rodando por Al-Gharafa, Goiás e São Paulo. Em 2011 virou diretor de futebol e no ano seguinte, treinador do clube gaúcho. Demitido após série de resultados ruins, virou empresário com investimento no setor de transporte e comentarista do Sportv. Faleceu em 7 de junho de 2014, após acidente de helicóptero no interior de Goiás.

Iarley: foi negociado pelo Inter com o Goiás. Depois, jogou por Corinthians, Paysandu e Ferroviário. Neste ano, voltou ao Colorado como diretor técnico das categorias de base. E tem fábrica de panelas e utensílios domésticos em alumínio no interior do Ceará.

Léo: após jogar pelo Inter, passou por Figueirense, Lecce-ITA, Paulista, Leixões-POR, Comercial, Marília, Esportivo-RS e Bragantino. Recentemente esteve na Inter de Limeira.

Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro
Rafael Sóbis comemora gol contra o Inter

Rentería: trocou o Internacional pelo Porto-POR e depois rodou por Strasbourg-FRA, Braga-POR, Atlético Mineiro, Once Caldas-COL, Santos, Millionarios-COL, Racing-ARG e por ultimo assinou com o La Equidad-COL.

Rafael Sóbis: vendido ao Bétis-ESP, passou pelo Al-Jazira e voltou ao Inter em 2010 (onde conquistou o bicampeonato da Libertadores). Depois esteve no Fluminense e no Tigres-MEX. Este ano, acertou com o Cruzeiro.

Abel Braga: técnico está desempregado

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos