Crítico de Neymar se solidariza a Hart e detona Guardiola: "Repugnante"

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação Rangers/AFP

    Ex-City, Barton questiona comportamento de Guardiola no clube

    Ex-City, Barton questiona comportamento de Guardiola no clube

O meia inglês Joey Barton, que ficou conhecido no Brasil por criticar veementemente o atacante Neymar, agora mudou de alvo e atacou o técnico espanhol Pep Guardiola, do Manchester Ciy, por causa do goleiro Joe Hart. 

Para Barton, atualmente no Rangers (Escócia), o tratamento do treinador em relação a Hart é "repugnante". Nas duas primeiras partidas oficiais do City sob o comando de Guardiola, o goleiro inglês ficou no banco. O argentino Willy Caballero assumiu a meta do time. 

"Não é o clube que deixei [Barton jogou no City de 2002 a 2007]. O time em que joguei e o time que vejo agora são duas organizações completamente diferentes. O City que conheci não trataria um atleta como Hart como tem feito agora. É repugnante", declarou o meia à rádio talkSPORT. 

"Provavelmente, antes de o City receber investimento estrangeiro, Guardiola procuraria algo maior e melhor para si, mas agora quis o City", continuou.

"Eu não vi o que Hart fez de errado para ser tratado assim. A atitude de Guardiola é terrível. Eu não gosto disto. É uma decadência humana independentemente de quão bom técnico ele é. Por que tratar o Hart assim?" 

Barton ainda disse que Guardiola deveria dar algumas oportunidades a Hart antes de dispensá-lo: "É o que todo treinador deve fazer", completou.

Desde que chegou ao City, Hart, de 29 anos, tem sido um dos pilares da equipe que conquistou dois títulos do Campeonato Inglês nos últimos quatro anos. Com sua iminente saída do clube, Sevilla e Everton monitoram a situação do atleta. 

Barton x Neymar

Joey Barton já definiu Neymar como "Justin Bieber do futebol. Brilhante no Youtube, mijo de gato ao vivo."

Porém, começou a pegar mais leve com o atacante do Barcelona após o brasileiro ser finalista no prêmio da Fifa de melhor do mundo em 2015. À época, concorreu com Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

"Neymar teve uma temporada muito boa pelo Barcelona. Claro que tem qualidade, mas ele não está no mesmo nível de Messi, Cristiano Ronaldo ou mesmo Luís Suárez ", disse Barton na ocasião. 

"Problema é que eu usei o Twitter, onde você só pode escrever 140 caracteres. Minha crítica ao Neymar era por causa do oba-oba que ele recebia quando não tinha feito nada. Estava na liga brasileira, não tinha mostrado nada de muito relevante pela sua seleção e já era considerado um dos melhores do mundo", justificou-se. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos