O que fez volante do Atlético-MG acertar com agente de David Luiz e Oscar?

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

    Rafael Carioca troca empresário e, agora, trabalha com Giuliano Bertolucci

    Rafael Carioca troca empresário e, agora, trabalha com Giuliano Bertolucci

Giuliano Bertolucci está entre os empresários de futebol mais influentes do mundo na atualidade. Presente em transações milionárias – como a ida de Bernard para o Shakhtar Donetsk –, o agente agora é parceiro de Robson Braga no gerenciamento da carreira de Rafael Carioca.

O agente tem ainda como clientes Willian, Marquinhos, David Luiz, Oscar e Ramires.

"A gente acertou, nessa segunda-feira, a parceria com o Giuliano (Bertolucci). É um dos principais empresários do mundo e acreditamos que ele pode nos auxiliar nessa trajetória. Conversei com o Rafael (Carioca) e ficou definido desta forma", contou Robson Braga ao UOL Esporte.

Observado por Dunga e Tite, treinadores da seleção brasileira nos últimos anos, o volante do Atlético-MG acertou a parceria com o intuito de se valorizar ainda mais no mercado da bola.

Hoje, Rafael Carioca está avaliado em 6 milhões de euros (pouco mais de R$ 19,2 milhões na cotação atual), de acordo com o site Transfermarkt, especialista em transferências internacionais. A intenção do atleta é que este número seja ampliado após a mudança nos bastidores. Embora não tenha propostas oficiais, o meio-campista recebeu consultas do exterior. As conversas, contudo, não avançaram.

Antes de Bertolucci, o gaúcho Jorge Machado é quem possuía uma sociedade com o representante do jogador.

"Não ficou nenhuma rusga com o Jorge, que segue como nosso amigo. Foi apenas uma alteração que se fez necessária por conta dos novos rumos na carreira do atleta", acrescentou.

Jorge Machado participou ativamente da transação de Rafael Carioca do Grêmio para o Spartak Moscou. Os russos desembolsaram, à época, 4,7 milhões de euros para contar com o meio-campista. Ele ainda negociou o empréstimo do jogador para o Vasco e, na sequência, a chegada ao Atlético.

A influência de Giuliano Bertolucci no mercado da bola é tanta que, recentemente, ele levou David Luiz do Chelsea para o Paris Saint-Germain por 50 milhões de euros. Marquinhos deixou a Roma e se mudou para o clube da capital francesa por 31,4 milhões de euros.

Entre 2013 e 2014, o brasileiro era, ao lado do iraniano Kia Joorabchian, o empresário que detinha mais atletas na seleção comandada por Luiz Felipe Scolari. À época, eles contavam com David Luiz, Oscar, Ramires, Bernard, Paulinho e Jô.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos