Neymar, Ganso, Pato, "camisas 9" brasileiros. 7 motivos para ver o Espanhol

Do UOL, em São Paulo

  • Josep Lago/Rex Shutterstock

    Grandes amigos, Neymar e Ganso vão se enfrentar na Espanha

    Grandes amigos, Neymar e Ganso vão se enfrentar na Espanha

Málaga e Osasuna abrem o Campeonato Espanhol nesta sexta-feira, às 15h45 (horário de Brasília). A competição traz muitos atrativos e o UOL Esporte preparou uma lista para ajudar você a saber mais sobre os jogadores e os times participantes.

Além dos já conhecidos trios de Barcelona e Real Madrid, há um clube estreante na elite espanhola, o duelo entre os compadres Neymar e Ganso, Pato tentando se firmar, camisas 9 brasileiros e técnicos que chegaram a ser especulados na seleção argentina. 

Confira os sete pontos que tornam o Campeonato Espanhol 2016/2017 imperdível:

Os melhores trios do mundo

Os três jogadores de ataque de Barcelona e Real Madrid continuam como as maiores atrações do Campeonato Espanhol. Messi, Neymar e Suárez de um lado e Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo do outro entram em campo para definir qual trinca será mais efetiva.

Na temporada passada, melhor para o Barça. Além de garantir o título, os três atacantes anotaram 90 gols juntos. O uruguaio Luis Suárez fez 40 e foi o artilheiro da competição. Lionel Messi marcou 26, contra 24 do brasileiro Neymar.

Pelo lado do Real Madrid, Cristiano Ronaldo chegou aos 35 gols em 36 partidas pelo Campeonato Espanhol 2015/2016. Karim Benzema terminou a competição com 24 e Bale foi o menos efetivo, com 19 gols marcados.

Albert Gea/Patrick Stollars
Trios de ataques poderosos são os destaques de Barça e Real

Estreia de um clube de 88 anos

Fundado em 1928, o modesto Leganés vai disputar a primeira divisão da Espanha pela primeira vez em seus 88 anos de história. Para o Nacional, o time deve contar com Luciano, atleta que está perto de ser emprestado pelo Corinthians.

Leganés também é o nome da cidade que sedia o clube. O município possui 187.227 mil habitantes e fica a quase 20 km da capital Madri.

A equipe estreia no Campeonato Espanhol como visitante e vai encarar o Celta de Vigo, na próxima segunda-feira (22), às 15h (horário de Brasília). Antes do Leganés, a competição tinha visto um estreante pela última vez na temporada 2013/2014, quando o Eibar estreou na elite espanhola após 75 anos de sua fundação.

Reprodução/Twitter
Leganés celebra título amistoso sobre o Villarreal

Neymar x Ganso

Amigos e revelados juntos no Santos, o atacante Neymar e o meia Paulo Henrique Ganso vão se reencontrar no Campeonato Espanhol da atual temporada.

Neymar já é bicampeão da competição pelo Barcelona, enquanto Ganso foi recém-contratado pelo Sevilla, clube com qual tem vínculo pelas próximas cinco temporadas. É a primeira experiência do meia em um clube europeu.

O primeiro encontro dos compadres – Ganso é padrinho de Davi Lucca, filho de Neymar – já tem data marcada: 6 de novembro de 2016, no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha. A volta será disputada no dia 5 de abril, no Camp Nou, em Barcelona.

Pato

Alexandre Pato foi a grande contratação do Villarreal da temporada, por apenas R$ 10 milhões. O atacante volta a Europa com aquela que pode ser sua última chance de jogar no continente em alto nível.

Pato começa a temporada como titular por conta da lesão de Roberto Soldado. O brasileiro começou jogando na partida de ida do playoff da Liga dos Campeões. Derrota do Villarreal por 2 a 1, em casa, mas com gol do atacante na sua primeira partida oficial.

O brasileiro recebeu a camisa 10 e é a esperança do Villarreal para repetir a grande campanha da temporada passada, quando ficou no quarto lugar e garantiu a vaga para a Liga dos Campeões.

Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images

Cinco na times na Champions

A temporada passada trouxe um recorde para os times espanhóis. Pela primeira vez na história, cinco times de um mesmo país disputaram a Liga dos Campeões. Barcelona, Real Madrid, Atlético de Madri, Sevilla e Valencia chegaram até a fase de grupos da competição.

Isso só aconteceu porque o Sevilla venceu a Liga Europa 2014/2015 e conseguiu a vaga. Foi a primeira vez que a competição deu vaga na Champions para o campeão.

Nesta temporada, a história se repetiu. Porém, a Espanha não deve ter os cinco times na fase de grupos. Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madri e Sevilla já estão garantidos, mas o Villarreal perdeu a partida de ida do playoff por 2 a 1, em casa, para o Monaco, e se complicou na competição.

Centroavantes brasileiros

Outra peculiaridade do Campeonato Espanhol é a presença de alguns centroavantes brasileiros. Uns são conhecidos como Alexandre Pato (Villarreal) e Willian José (Real Sociedad), mas há outros que a maioria do público brasileiro, provavelmente, não conhece. São os casos de Léo Baptistão (Espanyol) e Charles (Málaga).

O atacante do time catalão fez três gols em 26 partidas pelo Villarreal na temporada 2015/2016. Na pré-temporada 2016/2017, já atuando pelo Espanyol, Baptistão marcou um gol em um amistoso contra a Juventus, na Itália. O duelo terminou empatado em 2 a 2.

Charles, por sua vez, disputou 35 jogos e balançou as redes adversárias em 12 oportunidades pelo Málaga na última edição do Espanhol.

Conhecido mais do que os outros dois atacantes, principalmente pelos torcedores são-paulinos e santistas, Willian José também merece destaque após fazer gols nos poderosos Real Madrid e Barcelona na temporada 2015/2016. À época, ele defendia o Las Palmas e terminou o campeonato com nove gols marcados. Agora, jogará pela Real Sociedad. 

Reprodução/Twitter
Léo Baptistão é a esperança de gols do Espanyol

Duelo entre técnicos queridinhos da AFA

Após ser campeão da Copa América pelo Chile em 2015 e ser especulado em vários clubes, inclusive no Flamengo, o técnico argentino Jorge Sampaoli acertou com o Sevilla por duas temporadas. Porém, mesmo depois de ser anunciado pelo clube espanhol, o nome do treinador foi especulado na seleção argentina.

O presidente da Associação de Futebol da Argentina (AFA), Armando Pérez, admitiu publicamente que gostaria de contar com Sampaoli, mas o técnico recusou por ter assinado com o Sevilla dias antes da sondagem. 

Outro técnico argentino que também agrada à AFA é Diego Simeone, do Atlético de Madri. Campeão nacional, da Liga Europa e duas vezes vice-campeão da Champions, o treinador disse que a seleção argentina é um "projeto para o futuro".

Pelo Campeonato Espanhol, Sampaoli e Simeone vão se enfrentar nos dias 23 de outubro de 2016 e 19 de março de 2017. O primeiro confronto será em Sevilha. 

Jonathan Nackstrand/Michaele Rehle
Treinadores tiveram a oportunidade de assumir a Argentina, mas ficaram na Espanha

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos