L. Lima diz que foi convocado por ex-rivalidade contra Tite: "dei trabalho"

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Lucas Figueiredo / MoWA Press

    Lucas Lima marca presença na primeira convocação do técnico Tite na seleção

    Lucas Lima marca presença na primeira convocação do técnico Tite na seleção

O meia Lucas Lima reconhece que não vive a melhor fase de sua carreira, mas discorda que esteja no pior momento. Mesmo desfalcando o Santos por conta de lesões, o camisa 20 foi convocado pelo técnico Tite para defender a seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Lucas Lima acredita que foi chamado por seu histórico recente e, principalmente, pelos jogos que apresentou contra o Corinthians de Tite nos últimos anos. No ano passado, o meia brilhou em duelo que classificou o Santos e eliminou a equipe de Tite na Copa do Brasil.

"Sem dúvidas ele não convoca ninguém por um ou outro jogo, mas pela sequência. Tivemos jogos um contra o outro e dei um pouco de trabalho. E fico muito feliz por estar nessa lista", disse Lucas Lima.

"Agora somos amigos um do outro (risos). Vou esperar ajudá-lo. Se eu ajudar ele, vou me ajudar também", completou.

Lucas Lima fez uma avaliação de seu atual futebol no Santos. Desde que se lesionou na final do Campeonato Paulista, o meia não emplacou mais com a camisa santista. Recentemente, o camisa 20 foi submetido a um recondicionamento físico para voltar as suas melhores condições de jogo.

"Venho trabalhando para isso. Sou muito criticado por ficar fora, suspenso, infelizmente me machuquei na final do Paulista e me prejudicou muito até na Copa América. Voltei e pedi. Tivemos conversa de amigos com Dorival. Nossa ideia bateu e parei um pouco, para ter ritmo, me condicionei, e me machuquei de novo. Não vejo como minha pior fase, não. Assumo responsabilidade, não é problema. Sei que estou no caminho certo e espero ser feliz na seleção", explicou.

Após desfalcar o time por duas semanas, Lucas Lima teve atuação discreta em seu retorno ao time, na derrota para o Coritiba no último domingo, no Couto Pereira. O camisa 20, agora, espera fazer uma grande partida contra o Vasco, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

"Melhor possível (expectativa para o jogo). Estou um pouco sem ritmo por estar parado, estou bem fisicamente. Recuperado. É trabalhar hoje e amanhã e fazer um bom jogo na quarta-feira", concluiu. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos