Presidente do Corinthians confirma saída de trio e vê reforços perto

Do UOL, em São Paulo

  • Rodrigo Coca/Eleven/Estadão Conteúdo

    Roberto de Andrade explica saída de Tite do Corinthians para a seleção brasileira

    Roberto de Andrade explica saída de Tite do Corinthians para a seleção brasileira

A semana do Corinthians no mercado da bola está agitado: são três os que estão de saída, e dois que podem chegar. Nesta terça-feira, o presidente Roberto de Andrade confirmou que Bruno Henrique, Luciano e André devem mesmo deixar o clube, mas a chegada de dois reforços para compensar está próxima.

"Luciano foi emprestado até o fim de 2017, dezembro do ano que vem, ao Leganés, está tudo certo, está se acertando lá. André está em Portugal acertando as bases salariais, não tem nada assinado, mas deve ficar em definitivo. Tínhamos 80% dos direitos, e estamos negociando 50% com o Sporting. O Bruno Henrique tem proposta do Palermo, o Corinthians tem percentual pequeno dos direitos dele, quem está tratando é o Coimbra. Só tinha contrato até o fim do ano, então se der tudo certo, também deve sair".

Se perde três opções, o técnico Cristovão Borges deve ganhar o centroavante Gustavol, do Criciúma, e o volante Jean, do Paraná.

"Estamos conversando com o Criciúma, está bem adiantado, acredito que nos próximos dias possamos acertar o Gustavo. O Jean também é uma possibilidade", explicou.

Mesmo com as saídas no meio do Campeonato Brasileiro e a dificuldade com a saída do técnico Tite, o presidente corintiano elogiou o planejamento para a temporada. Veja outras respostas da entrevista.

Renovação de Bruno Henrique não deu certo
O contrato tem dois lados, o clube e o jogador. Para que haja acordo os dois precisam querer a mesma coisa, e o atleta nunca quis fazer a renovação. Ele sempre teve a ideia de ir para o futebol europeu, tem passaporte italiano, família que mora lá. Por isso acho que ele foi muito honesto com o clube, poderia ter renovado, recebido luvas, salário maior e chegaríamos agora e poderia ir embora do mesmo jeito. Ter contrato de quatro meses ou três anos dá no mesmo quando o atleta quer ir embora, não travamos negociação. Por parte do Bruno foi um ato bem honesto conosco

Planejamento da temporada
No começo do ano perdemos diversos jogadores, mas trouxemos nove. Nosso planejamento foi perfeito, trouxemos jogadores no início da temporada, ninguém chegou ontem. O conjunto ainda não deu a liga, mas os jogadores que estão saindo são por coisas pontuais. Os que estão chegando pelo mesmo motivo. Não podemos esquecer que o Corinthians é um clube grande, tem uma responsabilidade

Responsabilidade financeira
A responsabilidade do Corinthians até o fim do mandato é minha, vou seguir o meu propósito de colocar as contas em ordem. Nunca mais quero ouvir, nem ler, que o Corinthians deve um real de salário atrasado ou qualquer outra coisa. Para que isso aconteça, temos de andar em cima das contas. Se você ganha 10, não tem como gastar 15

Situação de Cristóvão Borges
Temos total confiança no trabalho do Cristóvão, ele está exercendo um bom trabalho. Todos têm de entender que estamos atravessando um momento difícil, oscilando bastante. Em mais algum tempo estaremos com o time encaixado, mas em momento algum podemos questionar o trabalho do Cristóvão, muito bem feito, elogiado por todos os atletas

Pode haver elencos melhores que o do Corinthians
Não tenho problemas internos. Essa pressão interna vem do torcedor. Ninguém mais do que nós quer ganhar tudo. O torcedor também tem de entender que, apesar de o Corinthians ter um bom time, isso não nos faz melhores do que todos. Podemos achar um elenco melhor do que o nosso, não é proibido. Também tem qualidade nos outros times

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos