Emprestado até dezembro, volante perdeu 24% dos jogos do Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro

    Denílson tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2016

    Denílson tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2016

O Cruzeiro contratou Denílson em 20 de julho passado, último dia da janela de transferências do Brasil. Recém-recuperado de uma cirurgia no joelho, o volante ainda não entrou em campo e terá pouco tempo para mostrar seu valor ao clube. O empréstimo se encerra em dezembro e, caso os mineiros desejem a permanência do atleta, precisam adquirir os seus direitos junto ao Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos.

O time disputou seis partidas desde o anúncio do meio-campista. Como os comandados de Mano Menezes têm mais 19 compromissos garantidos até dezembro, o jogador perdeu 24% dos jogos que poderia disputar na Toca da Raposa. É possível que a equipe dispute mais seis embates no restante da temporada. Para que isso aconteça, é necessário avançar à decisão da Copa do Brasil.

A ausência do atleta é devido à recuperação do procedimento cirúrgico ao qual foi submetido. O volante passou por uma artroscopia no joelho direito e iniciou o tratamento no centro de treinamentos do São Paulo, em 19 de maio passado. Entre a operação e à apresentação no Cruzeiro, ele interrompeu o processo por conta das viagens.

Denílson, portanto, terá muito pouco tempo para mostrar à diretoria que é vantajoso adquirir os seus direitos econômicos – avaliados em US$ 2,5 milhões (R$ 8,05 na cotação atual), conforme informado pelo Superesportes e ratificado pelo UOL Esporte junto a um representante do Al-Wahda na América do Sul.

A estreia do jogador ainda não foi confirmada pela comissão técnica, mas ele já tem feito trabalho com bola ao lado dos companheiros na Toca da Raposa 2. Depois de se ausentar de seis partidas, é possível que o volante esteja entre os relacionados de Mano Menezes para o jogo contra o Santa Cruz, neste domingo (28), às 11h (de Brasília).

Embora esteja ciente das dificuldades que encontrará para engatar uma sequência de jogos pelo Cruzeiro, Denílson demonstra confiança sobre a permanência no clube em 2017:

"Por enquanto a gente fechou um contrato de cinco meses, mas não quer dizer que ficarei apenas cinco meses. Minha intenção é mostrar serviço durante esse empréstimo para ficar aqui. Vamos esperar esse tempo, conversar com a diretoria do Cruzeiro e ver se eles vão gostar do meu trabalho", disse em 22 de julho passado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos