Técnico faz treino no deserto e usa cavalo para ser mais exigente

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter

    Naft Tehran, do Irã, faz treino físico no deserto

    Naft Tehran, do Irã, faz treino físico no deserto

Treinar no verão de Teerã, capital iraniana, não é fácil. O ar é quente e seco: os termômetros chegam perto dos 40ºC e a umidade relativa do ar é baixíssima. Tais condições inspiram cuidados para quem pratica atividade física, mas um técnico de futebol decidiu pegar pesado com seu time, o Naft Tehran, e levou os jogadores para treinar no deserto.

O treinador carrasco atende por Ali Daei, nome que todos respeitam no Irã. É o maior artilheiro da seleção nacional e foi campeão alemão e vice da Liga dos Campeões pelo Bayern de Munique em 1999. Seu lema é trabalhar duro, e os jogadores estão sentindo isso na pele.

Contratado em julho, Ali Daei aproveitou as três semanas de pré-temporada sem partidas oficiais para deixar o time em forma. Montado em um cavalo, seguiu para o deserto ao lado dos jogadores, cobrando dedicação dos comandados no calor iraniano. Os atletas corriam e o treinador trotava, de cavalo.

Segundo o ABC, a prática no deserto se repetiu algumas vezes. O técnico ignorou o calor para exigir do time, que passa por fase de reformulação. Terminada a pré-temporada, o Naft Tehran está em quinto lugar no campeonato nacional, com cinco pontos em quatro jogos.

E engana-se quem acha que Ali Daei está satisfeito com o preparo físico de seu time. "Estou orgulhoso dos meus jogadores pelo ponto que conseguimos fora de casa, mas começamos nossa temporada sem a preparação física ideal e isso foi um problema para nós", analisou ele depois do empate fora na quarta rodada. Provavelmente, o deserto será visitado em breve.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos