Choque de realidade? Vasco encara desconfiança após derrota para o Santos

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

A derrota por 3 a 1 para o Santos nesta quarta-feira pela Copa do Brasil levantou os questionamentos sobre a capacidade do Vasco diante das equipes da Série A. O Cruzmaltino perdia por 3 a 0 até os 50 minutos do segundo tempo, quando fez um gol com Eder Luis, que manteve uma esperança de classificação no jogo de volta em São Januário.

Após o duelo, o técnico Jorginho revelou que conversou com os jogadores no vestiário na tentativa de que encarassem a partida com normalidade.

"Conversávamos sobre isso no intervalo que era um jogo normal. Mas quando toma o gol, a questão emocional conta. Tivemos a maturidade necessária para fazer um gol no fim", declarou.

Na avaliação do treinador, os erros de marcação do Vasco foram cruciais para o resultado na Vila Belmiro. Jorginho cobrou atenção do grupo.

"Mostra que temos de estar atentos o tempo todo. Não pode cochilar. Com o potencial deles, são detalhes que decidem. Se estivéssemos ligados, não aconteceria. Vamos trabalhar internamente. Eu assumo a responsabilidade, mas não pode se repetir. Temos de estar muito atentos em casa para não repetir os erros", alertou.

Invencibilidade quebrada

Apesar de ter sua força colocada à prova, o Vasco carregava uma invencibilidade até então contra as equipes da Série A em 2016. Antes do Santos, o time havia disputado 10 jogos, tendo vencido seis e empatado quatro.

Os adversários foram os rivais cariocas Flamengo, Fluminense e Botafogo no estadual e o Santa Cruz, na Copa do Brasil.

Vitória de 2 a 0 classifica

Com o gol no fim de Eder Luis, o Vasco precisa agora vencer por 2 a 0 no jogo de volta, em São Januário, para ficar com a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Triunfo por um gol de diferença e vitória por 4 a 2, 5 a 3 e assim sucessivamente dá vaga ao Santos. Vitória por 3 a 1 leva o duelo para os pênaltis.

Jorginho conta com o apoio da torcida em casa para alcançar o objetivo:

"Fomos muito felizes com esse gol que nos coloca de novo no campeonato. É um gol importante. Saindo na frente em São Januário, na nossa casa... Tivemos todo carinho em Cariacica e sempre nos receberam bem, mas é diferente em São Januário. É verdadeiramente a nossa casa. Vamos fazer uma pressão grande e com certeza podemos reverter essa situação".   

A partida de volta acontecerá dia 21 de setembro. Neste sábado, o Vasco volta as atenções à Série B onde encara o Tupi em Juiz de Fora (MG). O time é líder isolado com 40 pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos