Thierry Henry assume cargo de assistente técnico na seleção belga

Do UOL, em São Paulo

  • Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

O ex-atacante Thierry Henry irá voltar para os gramados. O francês aceitou convite do técnico Roberto Martinez e passará a trabalhar como assistente técnico do espanhol na seleção belga.

Aos 39 anos, Henry começará no novo trabalho pouco tempo após abandonar o cargo que ocupava no Arsenal após o clube londrino pedir que ele abandonasse seu emprego de comentarista. Na Bélgica, o ex-jogador poderá manter as duas funções.

O francês trabalhará ao lado de Graeme Jones, assistente técnico de Roberto Martinez em suas passagens por Swansea, Wigan  e Everton.

A conta da seleção belga no Twitter celebrou a contratação do francês e ressaltou que a chegada dele visa mudar a mentalidade dos atletas que defendem a equipe nacional.

"Thierry Henry está em situação de mudar o espírito para conquistar alguma coisa", escreveu a página. Quem também celebrou a chegada do francês foi Martinez.

"Estou muito satisfeito que a Associação Belga conseguiu criar um staff incrível", declarou.

O ex-atacante, que fez história com as camisas de Arsenal e Barcelona, também celebrou o acerto com os belgas.

"Honrado em ser assistente técnico do @BelRedDevils (Diabos Vermelho Belgas). Obrigado Roberto Martinez e Associação Belga de Futebol. Muito excitado, mal posso esperar", escreveu Henry.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos