Lateral do United vê maldade em lance que o tirou por 11 meses dos gramados

Do UOL, em São Paulo

  • Andrew Couldridge/Reuters

O lateral esquerdo Luke Shaw está voltando aos gramados após a grave lesão que o deixou afastado do futebol por 11 meses. Após superar o trauma, o atleta revela que passou por momentos difíceis após a fratura dupla em sua perna esquerda.

Em entrevista ao jornal britânico "The Guardian", o lateral revelou que não acreditava quando os companheiros falavam sobre como é difícil superar uma lesão do ponto de vista psicológico. No entanto, Shaw salientou que também chegou a pensar que não gostaria mais de voltar ao esporte durante a recuperação. E ao avaliar a lesão, sofrida após entrada violenta de Hector Moreno, Shaw disse se sentir parcialmente culpado pelo ocorrido.

"Eu me culpo parcialmente. Eu estava correndo em direção à área e deveria ter chutado com meu pé direito, mas eu quis trazer para dentro. Eu queria estar na minha perna esquerda. E aí, obviamente, veio a pancada. Eu sequer quero pensar na pancada, para ser honesto. Naquele momento eu pensei: 'dê a ele o benefício da dúvida, não tinha sido uma pancada maldosa'. Mas quanto mais eu vi o lance, mais eu pensei: 'é, realmente foi uma pancada maldosa'", revelou o atleta.

Olaf Kraak/AFP Photo
Hector Moreno causou grave lesão em Luke Shaw

Na ocasião da lesão, Luke Shaw deixou o gramado imediatamente, enquanto Moreno teve participação decisiva na vitória do PSV sobre o United, já que o atleta mexicano não foi expulso pelo árbitro do confronto. Após a partida, Moreno ainda recebeu o prêmio de melhor atleta em campo, mesmo tendo lesionado o companheiro de profissão.

Divulgação/Snapchat/Luke Shaw
Luke Shaw passou por delicada cirurgia para reparar lesão

 

"Para ser justo com ele, ele veio me pedir desculpa. Ele veio ao hospital e eu fiquei cara a cara com ele em meu quarto. Até que foi simpático na ocasião, eu disse que ele poderia entrar e que estava tudo bem. Mas, ao final do dia, era eu que estava lá deitado com a perna quebrada, e eu passei por tantas coisas ruins a partir dali que comecei a pensar mais nisso. Realmente me incomoda que a Uefa tenha dado a ele o prêmio de 'homem do jogo'", salientou Shaw.

Vivendo novo momento na carreira, já que voltou aos gramados e participou de dois jogos nesta temporada pelo United, Shaw revelou que está reconquistando seu espaço no time principal, que agora é comandado por José Mourinho. O lateral declarou que já foi até alvo de brincadeiras do técnico português, já que optou por defender o Manchester United ao invés do Chelsea, que na ocasião era comandado pelo "Special One".

"Nós fizemos até uma piadinha sobre isso. Ele é um técnico legal. 'Por que você não veio?', ele me questionou. Ai expliquei que apenas senti que teria mais oportunidades na equipe titular aqui. Mas agora eu estou com ele e estou realmente feliz que ele esteja aqui", concluiu o lateral. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos