Acordo permite Atlético-PR vender, mas Manoel quer ficar no Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Manoel pode deixar o Cruzeiro a contragosto

    Manoel pode deixar o Cruzeiro a contragosto

A segunda-feira seguinte à vitória sobre o Santa Cruz é movimentada na Toca da Raposa II. Bruno Viana, com a venda encaminhada para o Olympiakos, da Grécia, não é o único zagueiro com chances de deixar o elenco. Manoel também está na mira dos europeus. O clube interessado pelo defensor é o Besiktas, da Turquia. O jogador, contudo, não pretende deixar o Cruzeiro.

A oferta pelo atleta foi encaminhada ao Atlético-PR, dono de 50% dos direitos econômicos do jogador. E os paranaenses são os únicos interessados na negociação. Manoel e Cruzeiro adotam uma postura distinta:

"É algo que o Atlético-PR está vendo com o Cruzeiro. Eles têm 50% dos direitos do Manoel e, para eles, é interessante vendê-lo. O Manoel não quer sair. Hoje, ele prefere ficar no Cruzeiro, está feliz, não tem interesse em sair", disse o empresário Neco Cirne ao UOL Esporte.

A possibilidade de negociação ocorre, porque segundo o contrato firmado em junho de 2014, o clube sulista tem poder de negociar o jogador desde que pague uma multa aos mineiros para que ele seja liberado. Os valores não são revelados.

O Cruzeiro desembolsou cerca de R$ 9 milhões para adquirir a outra metade dos direitos de Manoel. O atleta de 26 anos está há duas temporadas na Toca da Raposa II. O seu contrato com o clube de Belo Horizonte se encerra em 30 de maio de 2018.

A reportagem ainda tentou contato com Mario Celso Petraglia, presidente do Atlético-PR. O dirigente, contudo, não atendeu aos telefonemas.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos