Tevez ganha a primeira na justiça após ser ridicularizado por TV argentina

Do UOL

Muito combativo dentro de campo, Carlos Tevez também provou que não deixa nada barato fora dele. O atacante argentino se sentiu muito ofendido com uma paródia feita com ele, entrou na justiça e ganhou a primeira batalha.

Segundo fontes, a Câmara Nacional argentina decidiu que o apresentador Roberto Pettinato, o canal América, a produtora G.P. Media e o empresário Gaston Portal devem pagar cerca de 200 mil pesos argentinos - pouco mais de 43 mil reais - para Tevez, fora os gastos com o processo. 

Fernando Racimo, Mario Calatayud e Carlos Dupid entenderam que "o direito pessoal de Tevez foi convertido em mercadoria do programa humorístico". Na paródia, veiculada em 2011, fizeram graça da fisionomia, da fala de Tevez e de sua origem no bairro Fuerte Apache; tudo com o jogador sendo apresentado com os dentes torcidos, atitudes tolas e grosserias; um ser ignorante e insensível.

Contudo, logo após a sentença, o canal, a produtora e Gaston Portal entraram com um recurso na Corte Suprema, o que deve forçar mais embates para Tevez nos tribunais argentinos. Além do recurso, as partes ainda argumentaram que o programa era de humor e nada além disso. Já Tevez afirmou que o programa teve uma repercussão enorme na internet e que sua imagem foi afetada.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos