Miranda herda faixa de Neymar e será 1º capitão da era Tite na seleção

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Quito (Equador)

  • Pedro Martins/MoWA Press

    Miranda falou como capitão da seleção após treino preparatório para o jogo contra o Equador

    Miranda falou como capitão da seleção após treino preparatório para o jogo contra o Equador

O zagueiro Miranda foi confirmado como capitão da seleção brasileira para os primeiros jogos da era Tite no comando da equipe. Líder do grupo em outras oportunidades, o jogador sustentará a braçadeira nos confrontos contra Equador, nesta quinta, e Colômbia, na próxima terça, pela sequência das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

O anúncio foi feito durante entrevista coletiva nesta quarta (31), após o treino de reconhecimento do gramado do Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, palco do jogo contra os equatorianos.
 
"Sabemos que a seleção tem vários líderes, mas fico feliz de representar essas lideranças e usar a braçadeira amanhã [quinta]", afirmou Miranda.
 
Miranda assume a braçadeira após Neymar informar, ainda no calor da comemoração pelo inédito ouro olímpico, que não queria mais ser o capitão da seleção principal. Muito questionado dentro e fora do ambiente da equipe, o craque do Barcelona quis se afastar de polêmicas.
 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos