Schweinsteiger se despede da Alemanha com choro e vitória sobre a Finlândia

do UOL, em São Paulo

Após 12 anos servindo a seleção da Alemanha, Bastian Schweinsteiger, um dos grandes símbolos da vitoriosa geração alemã, entrou em campo pela última vez para defender as cores de seu país. Nesta quarta-feira, o meio-campista do Manchester United foi titular e capitão da equipe que venceu a Finlândia por 2 a 0 em amistoso realizado no Borussia Park, em Monchengladbach.

Antes de a bola rolar, o meio-campista foi ovacionado pelos torcedores presentes. Muito emocionado, ele não segurou as lágrimas ao receber uma placar comemorativa e flores como homenagem por sua longa trajetória na equipe nacional. Com o microfone em mãos, ainda aproveitou para dar um último recado.

"Muito obrigado por essa demonstração de carinho que estão me dando. Gostaria de agradecer à seleção e federação alemã e os torcedores. Foi uma honra poder jogar por vocês, torcedores e amantes do futebol. Sinto uma gratidão enorme por todos esses últimos 12 anos da minha vida e a forma com que está sendo realizado este momento tão importante da minha vida", disse Schweinsteiger.

REUTERS/Thilo Schmuelgen

Além de enfrentar uma série de problemas físicos, que o deixaram na reserva da seleção na disputa da Euro 2016, Schweinsteiger não faz parte dos planes do técnico José Mourinho no Manchester United. O português afastou o meio-campista alemão do elenco principal da equipe e já disse, publicamente, que dificilmente o jogador será aproveitado durante a temporada.

Schweinsteiger estreou pela Alemanha em junho de 2004, quando tinha apenas 20 anos, mas já era considerado uma grande promessa do Bayern de Munique. Pela seleção, esteve presente nas Copa de 2006, 2010 e 2014, além das edições de 2004, 2008, 2012 e 2016 da Eurocopa. Sua maior conquista aconteceu no Brasil, quando liderou a equipe na conquista do tetracampeonato mundial ao vencer a Argentina na grande decisão no Maracanã. O eterno camisa 7 terminou sua passagem com 121 partidas pela Alemanha, tendo anotado 24 gols.

REUTERS/Wolfgang Rattay
Schweinsteiger posou para selfie no meio do amistoso contra a Finlândia

Schweinsteiger teve uma partida apagada nesta quarta e apenas assistiu aos companheiros Max Meyer e Özil balançarem as redes para dar adeus à seleção com uma última vitória. O meio-campista esteve em campo até os 22min do segundo tempo, quando deixou o campo muito aplaudido para a entrada de Weigl.

Esse foi o último amistoso das duas seleções antes do início das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia.

No próximo domingo (4), a Alemanha visita a Noruega, às 15h45 (de Brasília), em partida válida pelo Grupo C, que ainda conta com Azerbaijão, Irlanda do Norte, República Tcheca e San Marino.

Já a Finlândia entra em campo na próxima segunda-feira (5), quando recebe o Kosovo, às 15h45, pelo Grupo I, que ainda possui Croácia, Islândia, Turquia e Ucrânia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos