Barcelona diz que nunca temeu perder Neymar e explica férias prolongadas

Do UOL, em São Paulo

  • Alberto Saiz/AP

O Barcelona aproveitou o fechamento da janela de transferências na última quarta-feira para fazer um balanço das movimentações do clube no período. E Neymar, que renovou o contrato com o clube após especulações de que poderia se transferir para o PSG, não deixou de ser assunto.

Segundo o diretor de esportes profissionais, Albert Soler, o Barcelona nunca teve medo de perder o atacante. "Não houve medo de que Neymar saísse porque quando um jogador quer ficar, ele fica. Ele havia manifestado publicamente e pessoalmente que queria ficar muitos anos no clube", disse.

O Barcelona anunciou no dia 30 de junho desde ano a renovação de contrato de Neymar até 2021, encerrando a possibilidade de o jogador atuar no PSG. Desde então, o atacante ainda não se reapresentou ao clube, já que emendou as férias à participação nos Jogos Olímpicos e ganhou mais dias de folga até defender o Brasil nas Eliminatórias nesta semana.

Segundo o secretário técnico do Barcelona, Robert Fernández, a ausência de Neymar por um período maior que o previsto teve o aval de Luís Enrique. O jogador iria se reapresentar após a disputa da Olimpíada, mas ganhou mais uma semana de folga no Brasil e só voltará a Barcelona após defender a seleção pelas Eliminatórias.

"A decisão de dar mais férias a Neymar foi minha. Para que vai vir um jogador até aqui para ficar apenas alguns dias e depois voltar, com tudo que envolve uma viagem tão longa e as mudanças de horário. Esperamos o máximo porque é um jogador único, diferente", disse.

"Neymar tinha passagem para voltar, mas o técnico (Luis Enrique) estimou que era melhor que ficasse no Brasil", completou Albert Soler.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos