MP da Suíça investiga Beckenbauer por desvio e lavagem de dinheiro

Com informações da agência Reuters

  • Christof Koepsel/Getty Images

O Ministério Público da Suíça abriu investigação contra Franz Beckenbauer por desfio e lavagem de dinheiro relacionados com a Copa do Mundo de 2006. A informação foi dada pelo jornal alemão Spiegel. 

Em fevereiro, o alemão foi notificado e multado pelo Comitê de Ética da Fifa por não cooperar com inquérito da entidade máxima do futebol referente a subornos envolvendo as sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022, Rússia e Qatar.

Agora, a questão envolve a Copa do Mundo de 2006, com sede na Alemanha. Beckenbauer nega que ele tenha comprado votos para que o país sediasse a competição, mas admitiu que errou no processo de candidatura. 

"O Escritório da Procuradoria-Geral da Suíça abriu procedimentos criminais em relação à Associação de Futebol Alemã (DFB). Os suspeitos eram membros do conselho-executivo do comitê organizador da candidatura para a Copa do Mundo de 2006 na Alemanha", informou a procuradoria em comunicado.

Foram nomeados como investigados Beckenbauer, Horst Rudolf Schimdt, Theo Zwanziger e Wolfgang Niersbach.

A procuradoria suíça informou que está trabalhando em parceria com procuradores na Alemanha e na Áustria, e que operações de buscas simultâneas por evidências foram realizadas em oito locais nesta quinta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos