No retorno à seleção, Messi diz: "Não enganei ninguém, falei o que sentia"

Do UOL, em São Paulo

Lionel Messi teve um papel de destaque na vitória da Argentina sobre o Uruguai, nesta quinta-feira (1º). Além de ter feito o único gol do confronto, os holofotes acompanhavam a "volta" do jogador à seleção argentina.

Apesar de não ter ficado fora de nenhum jogo, ele havia anunciado depois da final da Copa América que não vestiria a camisa da Argentina. Após diversas manifestações da torcida, Messi voltou atrás e foi convocado por Edgardo Bauza.

"Não enganei ninguém. Naquele momento, falei o que sentia", justificou Messi, ao "Clarín", depois da partida. "Depois de falar com Patón (Bauza) e os meninos, me dei conta de que me sinto feliz dentro desse grupo".

Na final da Copa América, a Argentina foi derrotada nos pênaltis para o Chile, com Messi perdendo uma das cobranças. "Foi um golpe muito duro (perder a Copa América), mais um. Recuperei-me e vi o que é esse grupo, a conversa com Patón e o carinho das pessoas", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos