Após pedido de desculpas, Tite prioriza reservas em 1º treino em Manaus

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Manaus (AM)

  • Pedro Ivo Almeida

Com as atenções completamente voltadas para a formação tática a ser utilizada na estreia pela seleção brasileira, diante do Equador, Tite utilizou os três primeiros treinos com a equipe apenas para ajustar a equipe titular que acabou vencendo o duelo em Quito, na quinta (1), por 3 a 0.  Sem qualquer atenção para os reservas, chegou a pedir desculpas pelo fato após o jogo. Neste sábado (3), no entanto, a situação se inverteu.

O técnico utilizou o início do primeiro treino em Manaus, palco do jogo contra a Colômbia na terça (6), para dar uma atenção maior aos atletas que não foram utilizados – Gil, Geromel, Fagner, Filipe Luis, Giuliano, Lucas Lima, Rafael Carioca, Gabigol e Taison. Weverton e Marcelo Grohe mantiveram o trabalho intenso com o preparador de goleiros, Taffarel.

"Até pedi desculpas a quem estava fora [reservas]. Eu precisava priorizar a parte tática naquele momento", comentou Tite, na entrevista após o jogo em Quito.
A atividade começou às 17h (horário de Brasília). Enquanto os reservas estavam em campo, titulares relaxavam no vestiário da Arena Amazônia. Somente às 18h o grupo estará completo no gramado. Tite, então, começará a esboçar o time que pretende utilizar no confronto de terça-feira.

Assim como em Quito, com os titulares, Tite priorizou as orientações de posicionamento ao setor defensivo no treino dos reservas. Fagner, Gil, Geromel e Filipe Luis eram os mais cobrados. O treinador repetia os pedidos de compactação e saídas rápidas de bola.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos