Muricy revela consulta de Tite sobre Neymar e admite saudade do futebol

Do UOL, em São Paulo

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Sem saúde para ser técnico, Muricy espera voltar a este ano a 'trabalhar com futebol'

    Sem saúde para ser técnico, Muricy espera voltar a este ano a 'trabalhar com futebol'

A história de um dos treinadores mais vitoriosos da história do futebol brasileiro ficou no passado. Muricy Ramalho, afastado desde maio deste ano por questões de saúde, descartou retomar a carreira na função que o consagrou na última década. Os planos agora se direcionam para funções longe do campo de jogo, como contou neste sábado à Rádio Globo.

"Acho difícil [ser treinador], acho que fiz a minha parte aí por muitos anos. Não sou um garoto, muitos anos no futebol desde a base. Claro que a gente não pode falar 'não' na vida, mas recebi convites do Brasil e de fora, mas meu projeto não é esse, fiz muito nessa área e tem outras que posso colaborar mais", disse Muricy.

"Imagina para mim isso [descartar o retorno]. Estou desde garoto neste meio, iniciante, jogador profissional e técnico. É muito difícil, mas às vezes, quando você toma algum susto na vida, você começa a pensar diferente. Tenho que cuidar bastante da minha saúde; estou muito bem e fazendo coisas que há tempos não fazia. Em alguns momentos temos que dar um passo atrás", acrescentou.

Segundo o agora ex-treinador, a relação com o futebol seguirá próxima. A saudade bate todos os dias nos quais Muricy Ramalho liga a televisão para acompanhar jogos e programas esportivos.

"Faz falta isso, estamos mudando no futebol, sinto muita falta de competir e de ter um adversário, mas também tem o outro lado da vida: a família e a saúde, que tenho que cuidar. Estou sentindo muita falta do futebol, que está nas nossas veias", confessou.

A ideia de Muricy Ramalho é assumir outras funções; algumas destas, inclusive, estão engatilhadas, de acordo com o antigo treinador.

"A coisa que vai acontecer em pouco tempo é eu ir para alguma organização para falar de futebol, para comentar futebol às vezes. A gente ainda está conversando, mas é uma coisa muito legal que eu senti. Houve muito interesse de falar um pouco diferente, pode ser que eu vá para essa área esse ano", revelou.

".Depois, algo como coordenador de futebol, mas ter autonomia que é difícil, ainda estamos engatinhando no nosso país. O problema é a gestão, precisamos de uma gestão mais profissional, mas próxima da modernidade", apontou o ex-treinador.

Tite consultou Muricy Ramalho sobre Neymar

Um dos treinadores consultados por Tite, antes da estreia pela seleção brasileira, foi Muricy Ramalho, segundo o próprio. Na mesma entrevista, o agora ex-treinador contou sobre como se aproximou do atual comandante da seleção e contou um dos assuntos tratados na conversa.

"Ele me ligou para perguntar de alguns jogadores, como ele mesmo disse, e falamos em relação ao Neymar", contou Muricy Ramalho, mais próximo de Tite nos últimos anos.

"Nos aproximamos depois que gravamos um comercial, sempre nos falamos. Trocamos mensagem sempre, dei os parabéns para ele", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos