Barcelona denunciará Santos por quebra de contrato em venda de Gabigol

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

O Barcelona denunciará o Santos pela transferência de Gabigol à Inter de Milão. A informação foi dada nesta segunda-feira (5) pelo próprio presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, em entrevista a um programa do canal espanhol RAC.

"Não respeitaram o contrato, nos dissimularam um pouco e o Barça defenderá seus direitos", garantiu o dirigente, que continuou: "já enviamos um fax". Segundo o jornal As, os catalães irão recorrer via Fifa ou até por meio da Justiça Comum brasileira. 

A polêmica em torno da transferência do atacante gira em torno dos direitos de compra que o time espanhol tinha sobre o jogador, obtidos na época da transferência de Neymar. O Barcelona pagou a mais na época para ter a oportunidade de igualar qualquer proposta a Gabigol, Victor Andrade e Giva.

De acordo com o contrato estabelecido entre os dois clubes, o Santos teria que informar ao Barcelona o recebimento de uma proposta com três dias de antecedência até o anúncio da venda a um outro clube. No caso de Gabigol, o processo foi mais rápido: os paulistas comunicaram a investida da Inter de Milão dia 29 de agosto e confirmaram a transferência dia 30 de agosto.

O UOL Esporte noticiou nesta manhã que o Santos admitiu dar um prazo menor para os catalães se decidirem se igualariam ou não a proposta dos italianos pelo atacante. Em uma carta obtida pelo Blog do Perrone, com assinatura do presidente Modesto Roma Júnior e mais dois dirigentes, o clube brasileiro tomou a decisão pelo caráter urgente da transferência, realizada a dois dias do final da janela de negociações europeia.

"O Santos FC recebeu a oferta de um terceiro clube ontem, 28 de agosto, e, como o Barcelona está completamente ciente, qualquer transferência para a Europa precisa ser completada não depois de 31 de agosto. Numa situação tão urgente, nós gentilmente pedimos para o Barcelona se manifestar até o dia 30 às 5h (no horário de Santos) ou 10h (no horário de Barcelona)", diz o texto do documento emitido pelos santistas.

Antes da carta ser enviada, Gabigol já tinha ido para Itália, feito exames médicos pela Inter e tirado foto segurando a camisa do novo clube. Sobrou tempo até para ele se despedir da Vila Belmiro em 28 de agosto, um dia antes da emissão do documento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos