Barcelona diz que Messi continua com dores e terá carga de treinos reduzida

Do UOL, em São Paulo

  • Aitor Alcalde/Getty Images

O Barcelona confirmou nesta segunda-feira, por meio de um comunicado oficial, que Lionel Messi terá a carga de treinos reduzida após exames e análises realizadas pelo corpo médico do clube. A nota não fala em lesão, mas diz que o jogador continua com dores no músculo adutor esquerdo e por isso terá um tratamento especial nos próximos dias.

Messi já sentia dores no local antes de se apresentar à seleção argentina para os jogos das Eliminatórias. Mesmo assim, enfrentou o Uruguai na última quinta-feira. Porém, foi liberado do duelo contra a Venezuela para voltar à Espanha e dar a continuidade à recuperação em Barcelona.

No comunicado, o clube diz que o incômodo no músculo de Messi será avaliado diariamente e não existe previsão de liberação total. De qualquer forma, sua participação no duelo contra o Alavés, no próximo sábado, é improvável, já que o clube estreia na Liga dos Campeões três dias mais tarde, no dia 13 de setembro, contra o Celtic.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos