Árbitra paralisa partida após torcedor a mandar "lavar pratos" na Espanha

do UOL, em São Paulo

  • EFE

    Marta Galego antes de a bola rolar na Espanha

    Marta Galego antes de a bola rolar na Espanha

Um novo episódio de machismo no mundo do futebol foi registrado na Espanha. Nesta terça-feira, a árbitra Marta Galego paralisou a partida entre UE Valls e Cambrils Unió, pela primeira rodada do Grupo 6 da segunda divisão catalã, após um torcedor a mandar "lavar pratos". As informações são do jornal El Travesser.

Aos 23min da etapa inicial, revoltado com uma decisão da árbitra, um torcedor gritou para que ela fosse lavar pratos, em uma clássica atitude machista. Marta, ao ouvir a provocação, não pensou duas vezes para aplicar uma das regras da Federação Catalã de Futebol, que diz "zero insultos nas arquibancadas", parar a partida e relatar o ocorrido ao delegado da partida para que o torcedor fosse expulso das arquibancadas.

O torcedor machista, sócio do clube, levou três minutos para deixar o campo. Depois da retirada, a bola voltou a rolar e o trio de arbitragem acabou ovacionado. O incidente foi anotado na súmula do jogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos