Tite recupera esquecidos e vê Jesus e Casemiro em alta após primeiros jogos

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Manaus (AM)

Tite venceu, convenceu, melhorou o ambiente e ainda fez com que o Brasil subisse na delicada tabela de classificação das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Mais do que isso, o novo treinador da seleção brasileira ainda recuperou alguns jogadores que não vinham rendendo o esperado com a camisa amarela.

Após duas vitórias nos dois primeiros jogos oficiais de um novo treinador, quebrando uma marca de 35 anos, a seleção retoma sua campanha de olho no Mundial de maneira positiva. Os destaques ficaram para Philippe Coutinho, Gabriel Jesus, Marcelo, Miranda, Daniel Alves, Casemiro e Neymar.

O grupo puxou a lista daqueles que terminaram em alta a primeira viagem com Tite. Enquanto Gabriel Jesus mostrou não sentir o peso de ser o atacante titular da seleção, Neymar deixou as confusões de lado e voltou a decidir.

Na defesa, Miranda, que chegou a ser questionado, fez jus à faixa de capitão e liderou a defesa contra Equador e Colômbia. À sua frente, Casemiro foi irretocável e deixou o trabalho da defesa mais tranquilo. O volante revelado pelo São Paulo mostrou que não deve perder sua vaga tão cedo na nova era da seleção.

"Não imaginava que ele pudesse ter um domínio do setor tanto quanto ele tem. Na conversa que eu tive com Zidane, ele disse que era ele [Casemiro] quem dava equilíbrio à equipe", revelou Tite.

Capitão no segundo jogo, Daniel Alves mostrou porque ainda é titular mesmo após dez anos e quase 100 jogos pela seleção. Marcelo, pela esquerda, superou o "esquecimento" de Dunga e ratificou a condição de um dos melhores laterais do mundo.

Por fim, mesmo sem ser titular, Philippe Coutinho pôde celebrar muito seus primeiros jogos sob nova direção. Decisivo nos dois duelos ao entrar no segundo tempo, mostrou ser uma boa opção para o meio de campo brasileiro nos próximos compromissos. Um passe para o gol decisivo de Neymar na última terça é muita movimentação quando acionado.

Paulinho e Willian em baixa

No restante do time que chegou, um grupo que, se não foi brilhante, mostrou ser eficiente e merecer a oportunidade no time: Alisson, Marquinhos e Renato Augusto. Giuliano entrou no segundo tempo do último jogo e foi apenas regular.

Instáveis nas duas partidas, Paulinho e Willian acabaram ocupando a última faixa de avaliação nos primeiros jogos de Tite. Enquanto o primeiro sofreu com o ritmo intenso do time em alguns momentos - apesar do bom preparo físico - e acabou levando um cartão amarelo que o deixará de fora do próximo duelo, o segundo esteve apagado.

O meia do Chelsea não foi nem sombra do jogador que era uma das principais armas da era Dunga e deixou a desejar no setor ofensivo.

Já com alguns reflexos desta primeira avaliação, a próxima lista de Tite deverá sair já na próxima semana. Com um grupo bem avaliado e em busca de consolidação, poucas trocas devem ser notadas na convocação para os jogos contra Bolívia e Venezuela, em outubro, na sequência das Eliminatórias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos