Críticas, amigos fora e substituto. As novas barreiras para Neymar no Barça

João Henrique Marques

Do UOL Esporte, em Barcelona

  • Cesar Manso-22.mai.2016/AFP

Foram 107 dias sem Neymar em Barcelona. No período, o brasileiro negociou novo contrato válido até 2021 e viu o clube passar por mudanças. Nesta quinta-feira, o atacante volta aos treinamentos. A estreia na temporada está prevista para sábado, diante do Alavés, pelo Campeonato Espanhol, no Camp Nou.

O aumento da pressão, a saída de amigos e um novo substituto fazem parte de um cenário diferente para Neymar em Barcelona. O UOL Esporte listou as barreiras que o camisa 11 terá que superar no regresso.

A pressão

Neymar deixou o Barcelona ao final da temporada passada em junho com críticas pelo comportamento fora de campo. Os 107 dias são considerados abusivos para muitos torcedores. Outro fator é que uma enquete do jornal catalão Sport mostrou que 60% dos fãs era favorável à venda do brasileiro durante o período de férias para somar quase 200 milhões de euros em novas contratações. Com a renovação realizada, o camisa 11 terá que dar respostas para os torcedores dentro de campo em um curto prazo de tempo. 

Fim da panela

Neymar perdeu um dos melhores amigos no Barcelona com a transferência de Daniel Alves para a Juventus. Não só isso. Com a saída de Douglas, emprestado ao Sporting de Gijón, e Adriano, negociado com o Besiktas, o grupo de brasileiros no clube agora está restrito a ele e Rafinha – o zagueiro Marlom integra o Barça B -. A "máfia" brasileira foi fundamental para a adaptação de Neymar ao clube.

Novos companheiros

Neymar vai atuar ao lado de novos jogadores. O português André Gomez e os espanhóis Paco Alcácer e Dani Suárez vão figurar ao lado do brasileiro por conta de um rodízio de titulares programado pelo técnico Luis Enrique. Será a primeira vez que o camisa 11 terá contato com os jogadores.

Novo substituto

AP Photo/Manu Fernandez
 

Na temporada passada, Neymar atuava quase sempre os 90 minutos do jogo e sequer tinha substituto para a posição. Só que agora Arda Turan (foto) ganhou destaque atuando pela esquerda do ataque e passou a ser uma ameaça de alternativa de jogo. Boas exibições na pré-temporada, assim como o gol na estreia diante do Betis e a assistência dada na vitória diante do Athletic de Bilbao, deixaram o turco, que na temporada passada atuava no meio-campo, consolidado como o reserva imediato do brasileiro.

Dupla já está afiada

Messi e Suárez participaram de toda a pré-temporada com o Barcelona e já se destacaram com excelentes atuações. O uruguaio largou na artilharia do Campeonato Espanhol com três gols. Já Messi tem dois. Neymar precisará manter o mesmo nível de atuação da dupla.

O contrato

Neymar passou a ser o segundo maior salário do Barcelona, somente atrás de Lionel Messi. Conter uma crise de egos por conta do pagamento foi o foco da diretoria do Barça na contratação de Neymar. Agora, ele passou a ganhar mais do que jogadores símbolo no clube como Piqué e Iniesta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos