Mina ou Armero? Zagueiro se coloca à frente e exalta dança na comemoração

Do UOL, em São Paulo

O zagueiro Yerry Mina deu início à reação do Palmeiras na partida contra o São Paulo ao marcar o primeiro gol alviverde na vitória por 2 a 1. Depois do triunfo, o atleta colombiano falou sobre as dificuldades do Brasileirão, ressaltou a importância da preparação e ainda saiu em defesa das comemorações inusitadas em campo. 

"Sabemos que enfrentaremos grandes equipes, mas sabemos do time que temos. Serão jogos muito difíceis, contra equipes grandes (o Palmeiras enfrentará Grêmio, Flamengo e Corinthians). São finais que vamos jogar. Estudamos cada um dos rivais. Temos que tratar de fazer as coisas da melhor maneira", disse o zagueiro.
 
O atleta ainda falou sobre o modo como festejou o gol de cabeça no clássico. Indagado sobre quem era melhor no quesito, ele ou o também colombiano Pablo Armero, Mina não hesitou e escolheu a si próprio.
 
"Acredito que danço melhor. Nós colombianos temos isso no sangue. Desde que nascemos, temos a música, a dança. Sempre dançamos e alguns se expressam assim, outros de outra maneira, mas a maioria das pessoas de onde venho tratam de expressar essa alegria quando fazem gols", explicou.
 
Mina, no entanto, não poderá repetir a dose na próxima rodada, contra o Grêmio, no domingo que vem, em Porto Alegre. O atleta recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso - ele deve ser substituído por Thiago Martins ou Edu Dracena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos