Pintado admite rebaixamento no radar do SP e espera reforços

José Edgar de Matos e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri/saopaulofc.net

    Ídolo tricolor, Pintado hoje trabalha como auxiliar técnico do São Paulo

    Ídolo tricolor, Pintado hoje trabalha como auxiliar técnico do São Paulo

Após nova derrota no Campeonato Brasileiro, desta vez diante do Palmeiras, em um clássico, o São Paulo permaneceu estacionado nos 28 pontos, a apenas dois da zona do rebaixamento. Um dos poucos a falar com a imprensa após a derrota, o auxiliar técnico Pintado admitiu que já é hora de se preocupar com a degola.

"Estamos olhando para isso, sim. Não estamos escondendo de ninguém a clareza da situação. Vamos ter de lutar até o final, e vai ser difícil até o final", afirmou.

Pintado evitou atribuir à crise política o mau momento do time na temporada. Para o auxliar, o time tem problemas principalmente na parte técnica, dentro de campo.

"Acho que o problema do São Paulo não é fora de campo. Os gols precisam começar a sair. Grandes equipes já passaram por dificuldades no Campeonato Brasileiro e agora é a vez do São Paulo. A gente não tem dúvida de que isso será revertido".

O auxiliar falou sobre os reforços que estarão à disposição em breve: Robson, do Paraná, e Jean Carlos, do Vila Nova.

"São duas peças que vêm em condições de atuar. O momento do São Paulo é urgente. O Jean e o Robson estão em atividade, têm qualidade e não foram contratados em desespero", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos