Fifa abre investigação contra Blatter e Valcke por corrupção e suborno

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO/TASSO MARCELO

A Fifa abriu uma investigação formal contra o ex-presidente da entidade Joseph Blatter, o ex-secretário geral Jerome Valcke e o ex-chefe de finanças Marcus Kattner por conta de acusações de corrupção e suborno envolvendo a entidade.

"O comitê de investigações vão investigar possíveis violações do artigo 13 (regras gerais de conduta), artigo 15 (lealdade), artigo 19 ( conflitos de interesses), artigo 20 (aceitar presentes e benefícios) e artigo 21 (suborno e corrupção) do Comitê de Ética da Fifa sobre salários e bônus recebidos por Blatter, Valcke e Kattner e também sobre contratos dos três ex-dirigentes", informou a Fifa em comunicado reproduzido pela agência de notícias Associated Press.  

O procedimento foi aberto por conta de revelações em junho de que Blatter e Valcke concordaram em pagar a eles mesmos bônus de mais de 10 milhões de dólares. O caso veio a público depois da demissão de Marcus Kattner. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos