Barça usa apenas um prata da casa em derrota, pior marca em 14 anos

Do UOL, em São Paulo

Considerado uma referência na formação de jogadores nas categorias de base, o Barcelona parece se afastar da marca que o caracterizou na última década. De acordo com levantamento do diário espanhol "As", o clube catalão escalou apenas um jogador oriundo de La Masia (Busquets) no primeiro tempo da derrota para o Alavés no último sábado, fato que não ocorria desde o fim da temporada 2001/02.

Na ocasião, em 24 de abril de 2002, o brasileiro Thiago Motta (naturalizado italiano desde então) foi colocado em campo pelo técnico Carles Rexach em jogo das semifinais da Liga dos Campeões contra o Real Madrid, que venceu por 2 a 0.

O acontecimento do último sábado ainda não é motivo para pânico no Barcelona, no entanto, pois Luis Enrique optou por deixar titulares formados na base catalã no banco de reserva , promovendo as entradas de Iniesta e Messi na etapa complementar.

Além deles, Sergi Roberto, Piqué e Jordi Alba têm sido titulares do Barcelona, que nas últimas temporadas tem se aventurado mais no mercado para trazer reforços de peso em vez de aproveitar os pratas – o mais novo dos cinco titulares costumeiros é Sergi Roberto, de 24 anos.

Desde a passagem vitoriosa de Guardiola no comando da equipe, o Barça se vangloria do poder de La Masia, que pouco produziu nos últimos anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos