United anuncia receita recorde e gasto de R$ 37 mi na rescisão de Van Gaal

Do UOL, em São Paulo

  • Oli Scarff/AFP Photo

O Manchester United anunciou nesta segunda-feira o balanço financeiro da última temporada com um recorde em receitas. O clube arrecadou no período um valor de 515,3 milhões de libras (cerca de R$ 2,25 bilhões), se tornando o primeiro time da Inglaterra a ultrapassar a barreira de 500 milhões de libras em receitas durante uma temporada.

Apesar da ótima arrecadação e de um lucro de 68,9 milhões de libras (cerca de R$ 301 milhões), chama a atenção o valor da rescisão do treinador Louis Van Gaal. O clube anunciou que gastou 8,4 milhões de libras (cerca de R$ 37 milhões) para quebrar o contrato com o holandês e sua comissão técnica. O acordo valia por mais uma temporada, mas o United optou pela troca por José Mourinho.

O clube ainda revelou um prejuízo de 6 milhões de libras (cerca de 26 milhões) na redução de valor contábil de um jogador que não faz mais parte da equipe principal. O Manchester United não revela o nome deste atleta, mas a descrição fez a imprensa inglesa publicar que ela é referente ao alemão Bastian Schweinsteiger.

"Nosso desempenho financeiro recorde reflete a força permanente do negócio e do clube na busca de alcançar uma nova receita recorde em 2017, mesmo sem a disputa da Liga dos Campeões. Este forte desempenho financeiro nos permitiu investir em nosso elenco, gestão da equipe e instalações para nos posicionar na luta e ganhar títulos nos próximos anos", disse o chefe executivo do clube, Ed Woodward.
 
Segundo levantamento da imprensa inglesa, a receita anunciada pelo Manchester United só é inferior ao do Barcelona, estimada em 571 milhões de libras (cerca de R$ 2,49 bilhões). O bom desempenho financeiro permitiu ao clube investir na contratação de Mourinho e de jogadores como Paul Pogba.      

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos