São Paulo anuncia permanência de M. Bastos; meia está à disposição do time

Do UOL, em São Paulo

  • Ronny Santos/Folhapress

O São Paulo anunciou nesta terça-feira (13), em comunicado no seu site oficial, que o meio-campista Michel Bastos permanecerá no clube e está à disposição de Ricardo Gomes, o comandante de equipe. 

"Fiquei convencido de suas razões e do seu desejo de ajudar. O momento é de integrar, não dividir. O Ricardo Gomes ganha uma opção importante para a reação do time", afirmou Marco Aurélio Cunha, que recentemente assumiu cargo diretivo no time paulista. 

Ainda segundo nota do São Paulo, uma "conversa entre jogador e diretoria garante a permanência do camisa 7, um dos atletas mais decisivos do elenco".

Em entrevista coletiva concedida no CT da Barra Funda, Marco Aurelio deu mais detalhes sobre a conversa. Segundo o dirigente, o meia tinha dúvidas quanto à permanência, mas não queria sair pela "porta dos fundos". Com isso, a solução encontrada foi permanência até o fim do ano, com reavaliação do cenário em janeiro.

"Eu não convenci ninguém a ficar, fui para escutá-lo. A conversa foi a melhor possível, o Michel estava em dúvida se valia ficar. Dou meu voto de confiança. Queremos notícia boa de um jogador ficar. A falta de confiança o fazia não arriscar, para evitar errar, dei toda liberdade para tentar a jogada de efeito que quiser. Já tinha gente interessada nele, mas o melhor caminho era ficar", explicou. "A melhor solução foi encontrada, é permanecer até o fim do ano e depois buscar um panorama para 2017".

A decisão provoca reviravolta na forma como o clube vinha tratando o "caso Michel Bastos" internamente. Até a última segunda-feira, era mais provável que o jogador fosse vendido ou tivesse o contrato rescindido. O próprio São Paulo via uma "volta por cima" como movimento impossível. 

Marco Aurélio Cunha, em entrevista dada também na segunda (12), expressou desejo de manter o atleta no elenco. Mas, então resignado, acrescentou: "Se quiser sair, vamos respeitá-lo".

Bastos foi a campo pela última vez em 28 de agosto, um dia depois da invasão de torcedores são-paulinos ao CT da Barra Funda, no Morumbi, em empate por 0 a 0 com o Coritiba. Depois disso, foi desfalque em duas partidas: derrota por 2 a 1 para o Palmeiras e vitória por 3 a 1 sobre o Figueirense. 

O meia tem 37 apresentações na temporada 2016 do futebol brasileiro e marcou cinco gols, além de somar seis assistências.

O São Paulo ocupa hoje a 12ª colocação no Campeonato Brasileiro com 31 pontos, quatro longe da zona de rebaixamento e nove atrás do G-4. O próximo confronto será na quinta-feira, contra o Cruzeiro, às 21h, no Morumbi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos