Nova formação do departamento de futebol muda função de executivo do Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Júnior Chávare (e) voltará a trabalhar com as categorias de base do Grêmio

    Júnior Chávare (e) voltará a trabalhar com as categorias de base do Grêmio

A mudança no departamento de futebol do Grêmio será completa. Depois das saídas de Alberto Guerra, Alexandre Rolim e Antônio Dutra Júnior, o presidente Romildo Bolzan Júnior prepara uma troca até na organização da pasta mais importante do clube. Desta forma, o diretor executivo de futebol, Júnior Chávare, voltará a responder pelas categorias de base, algo que já era planejado desde que ele assumiu o profissional. 

Com carreira construída em divisões de base, Chávare assumiu interinamente o cargo de executivo no futebol profissional após a saída de Rui Costa, em maio. Mas já a ocasião deixou bem claro que pretendia retornar ao posto inicial no ano que vem. 
 
Como a reformulação começou agora, em comum acordo a direção gremista resolveu que o regresso poderia ser imediato. A partir de sábado, Chávare passará novamente a responder pela base do clube. 
 
O Grêmio pretende anunciar nos próximos dias todo organograma do futebol. Um vice, um coordenador técnico e somente depois disso poderá confirmar o nome do novo técnico da equipe. 
 
"Hoje estamos acumulando como vice de futebol, mas o cargo não é vago, terá uma governança logo em seguida", disse o presidente Romildo Bolzan Júnior. "Debatemos a ideia e vamos construir uma governança um pouco diferente. Mas um vice de futebol forte, vai ter. Precede ao técnico, a escolha do vice de futebol, mas vamos organizar. Queremos fazer algo diferente do que é feito hoje, com uma coordenação técnica que crie planejamento e organização, algo mais orgânico, desde as escolinhas de futebol até o profissional", completou.
 
Chávare se despediu dos jogadores no treinamento da manhã desta sexta-feira. Voltará a trabalhar onde se sente mais à vontade, nas categorias de base. Sob comando dele, os times inferiores do Grêmio produziram jogadores que hoje estão entre os mais valiosos do time, como Luan, Walace, Everton, Pedro Rocha, e mais uma série de nomes. 
 
Em contato com a reportagem do UOL Esporte, tanto o presidente gremista quanto o diretor negam qualquer problema e ressaltam que a relação entre eles segue sendo muito boa. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos