Dorival cobra CBF por cursos de formação de treinadores: "Tem que se mexer"

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC

Desde 1997 o futebol europeu promove cursos práticos específicos para qualificar a formação de treinadores do mundo inteiro. O certificado é obrigatório para a prática da profissão no Velho Continente, o que representa grande obstáculo para os brasileiros que almejam trabalhar por lá. É o caso de Dorival Júnior, que cobra da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) alguma ação a este respeito.

"Nós temos um problema sério, que é a falta de reconhecimento da Uefa. Nós não temos por aqui os cursos. Temos que correr com isso, a CBF tem que se mexer um pouquinho junto com as federações. Está na hora", cobra o técnico santista ao canal ESPN.

Dorival pretende um dia se aventurar na Europa. "Gostaria muito, nem que fosse um clube de segunda divisão. Acho que seria uma experiência muito interessante", avalia o técnico.

Além do interesse de algum clube europeu, para realizar o sonho Dorival – ou qualquer outro técnico – precisaria participar dos cursos organizados pela Uefa. A formação disponível no Brasil não atende às exigências da entidade europeia, o que obriga os treinadores a viajarem principalmente ao Reino Unido atrás do certificado.

Atualmente a CBF anuncia um programa de qualificação de profissionais dividido em quatro níveis de licença. O curso é chancelado pela Conmebol e reconhecido pela Fifa, e a entidade diz ter "a mesma estrutura e carga horária dos principais cursos internacionais".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos