Bravo explica saída do Barcelona: "Fui sincero, não queria ficar sentado"

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Albert Gea

Depois de duas temporadas no Barcelona, o goleiro Claudio Bravo trocou o time espanhol pelo Manchester City. Nesta segunda-feira (19), em entrevista à rádio "Cadena SER", da Espanha, o chileno explicou o motivo de ter tomado a decisão, mesmo com o Barcelona tendo feito uma oferta para renovar seu contrato.

"Eu agradeci ao clube, o Barça me ofereceu uma renovação, mas vendo os planos do clube, suas intenções, também fiz com que eles entendessem minha postura e foram sinceros, assim como eu. Disse que não queria ficar quatro anos em um lugar onde ia ficar sentado (no banco de reserva). Não sou eu, o que menos queria era fazer mal à instituição".

No Barcelona, Claudio Bravo dividia o gol com Ter Stegen. Um era responsável por jogar as partidas do Campeonato Espanhol, enquanto o outro atuava na Copa do Rei e na Liga dos Campeões.

A relação com Ter Stegen, inclusive, chegou a ser apontada como um motivo para a saída do goleiro. Ele, no entanto, nega qualquer problema.

"Não, nada a ver, nem o que diziam na imprensa, que tínhamos uma relação ruim. São coisas que incomodam porque não são verdade, nós nunca tivemos problemas. Nós nos beneficiamos sempre da concorrência".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos