Com Micale de olho, Botafogo bate Corinthians na Arena e é campeão sub-20

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Botafogo

A presença de mais de 11 mil torcedores corintianos na Arena de Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, não assustou os jovens jogadores do Botafogo. Após segurar os donos da casa no início do jogo, o time carioca teve calma para fazer 2 a 0 no placar e conquistar seu primeiro título do Campeonato Brasileiro Sub-20.

O duelo contou com a presença de Rogério Micale, técnico campeão olímpico pela seleção brasileira. Os gols do Botafogo goram marcados por Yuri, aos 45 minutos do primeiro tempo, e por Kanu, aos  27 minutos da segunda etapa.

A primeira partida, realizada no Rio de Janeiro, havia terminado em empate por 1 a 1. Dessa maneira, o Botafogo precisa ao menos de um empate por 2 a 2 ou mais ou uma vitória simples. Já o Corinthians seria campeão com um empate em 0 a 0.

Esse é o segundo título de um clube carioca no Brasileirão Sub-20. Em 2015, o Fluminense havia ficado com o título ao derrotar o Vitória na decisão. O Corinthians, por sua vez, levantou a taça em 2014.

Botafogo decide na bola parada

O Corinthians pressionava em busca do empate quando o Botafogo decidiu a partida, aos 27 minutos da segunda etapa. Em cobrança de falta, o zagueiro Kanu apareceu livre de marcação para desviar e balançar as redes do goleiro Filipe.

Botafogo isola chance de ampliar o marcador

Nos minutos finais, um lance polêmico. Renan Gorne recebeu dentro da área e foi derrubado por Del'Amore. O árbitro marcou pênalti, gerando muita reclamação do banco de reservas corintiano. Na cobrança, Bochecha bateu por cima do gol de Filipe e perdeu a chance de ampliar o marcador.

Corinthians pressiona no início do jogo, mas não marca

Mesmo com a vantagem do empate sem gols, o Corinthians começou melhor a partida. Logo aos 5 minutos, Lauder balançou as redes botafoguenses. O árbitro, no entanto, viu falta do atacante no zagueiro Marcelo e anulou o tento corintiano.

Dois minutos mais tarde, Fabrício Oyá perdeu a melhor chance do Corinthians no primeiro tempo. Léo Jabá avançou pela direita e cruzou rasteiro. A bola passou por toda a defesa do Botafogo e o meia recebeu dentro da área, limpou a marcação e chutou por cima do gol.

Botafogo aproveita chance nos acréscimos

Divulgação/Botafogo

Acuado no início do jogo, o Botafogo conseguiu equilibrar as ações durante o decorrer do primeiro tempo e foi recompensado já nos acréscimos. Bochecha lançou Yuri, que invadiu a área e tocou de bico para superar o goleiro Filipe e abrir o placar para o time carioca.

Aposta não deu certo

Com uma lesão na coxa sofrida na primeira partida da final, Alison foi escalado como titular após um teste feito no vestiário da Arena Corinthians. A aposta, no entanto, durou apenas 27 minutos. O camisa 10 não aguentou as dores na região e acabou sendo substituído por Jordan.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos