Gabriel reconquista espaço e encaminha acordo para ficar mais cinco anos

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Fabio Menotti/Ag Palmeiras

    Apenas a assinatura separa Gabriel de uma longa renovação com o Palmeiras

    Apenas a assinatura separa Gabriel de uma longa renovação com o Palmeiras

De peça fundamental, a encostado. De encostado, a novamente fundamental. O volante Gabriel recuperou em poucas semanas o espaço perdido dentro do Palmeiras. Novamente titular com Cuca, o jogador se tornou uma aposta a longo prazo para o clube, que se encontra muito próximo de anunciar um novo contrato para o atleta.

Em informações divulgadas pela Rádio Globo no último domingo e confirmadas pelo UOL Esporte, Gabriel acertou um compromisso de cinco anos com o Palmeiras, que pagará R$ 3,5 milhões ao Monte Azul (SP) por 50% dos direitos econômicos do atleta.

Apenas a assinatura separa Gabriel do anúncio. A permanência do volante aparece como um dos pontos do planejamento do elenco para 2017, independentemente da eleição marcada para novembro, que elevará um novo nome a ocupar a vaga de Paulo Nobre na presidência.

Perguntado sobre o tema pelo UOL Esporte no último domingo, o diretor de futebol Alexandre Mattos desconversou. "Daqui a pouquinho a gente pode ter novidades", disse.

Gabriel soma apenas 14 jogos na temporada 2016, a qual conviveu com lesões e um longo período de afastamento. O meio-campista reconquistou o espaço aos poucos e assumiu um papel de protagonista no setor para esta reta final de Campeonato Brasileiro.

São cinco partidas consecutivas do volante como titular. Cuca apostou em Gabriel justamente na sequência mais complicada para o Palmeiras nesta reta final de Brasileirão: Fluminense, São Paulo, Grêmio, Flamengo e Corinthians – dois clássicos e três adversários de grande representatividade nacional.

Com Gabriel em campo, o Palmeiras ainda não perdeu neste segundo semestre. Além de três vitórias (Fluminense, São Paulo e Corinthians) e dois empates (Fla e Grêmio) nos cinco jogos pela Série A, o volante ainda entrou em campo na vitória por 3 a 0 contra o Botafogo-PB, pelas oitavas da Copa do Brasil.

Suspenso no Brasileiro pelo acúmulo de três cartões amarelos, Gabriel desfalcará o Palmeiras no sábado, contra o Coritiba. No entanto, para recuperar o 'tempo perdido' em 2016, o meio-campista deve ser utilizado por Cuca no compromisso de quarta-feira, quando o líder do Brasileiro enfrenta novamente o Botafogo-PB, no segundo duelo pelas oitavas da Copa do Brasil.

O duelo na Paraíba serve para o jogador acumular ainda mais ritmo de jogo; antes de voltar contra o Fluminense, em 28 de agosto, Gabriel permaneceu afastado por quatro meses dos gramados – o último duelo ocorrera em abril, na semifinal do Campeonato Paulista.

De quatro meses sem jogar, a titular em apenas duas semanas. Gabriel vive um novo momento e acabou alçado a um nível de prioridade no Palmeiras. Nos próximos dias, deve assinar o contrato de cinco anos, o qual demonstra a importância readquirida pelo camisa 18.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos