Meia confia em título corintiano e diz que não "vê nada demais" nos rivais

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Giovanni Augusto mostrou confiança na reação corintiana em uma eventual luta pelo título do Brasileirão. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o meia disse que não se impressionou com nenhum dos rivais na luta pela taça.

O Palmeiras é líder com 51 pontos, contra 50 do vice-líder Flamengo. O Atlético-MG, com 46 pontos está na terceira colocação, seguido pelo Santos, que tem 45. Os corintianos estão fora da zona de classificação à Libertadores com 41.

"Eu estou otimista. Não estamos vendo nada demais dos outros times. O Palmeiras e o Flamengo que conseguiram ter regularidade. Estamos muito pertos. Futebol tudo pode acontecer. Assim como tivemos queda de rendimento, outros times podem ter. Tem que ter confiança. Vamos brigar até o final", afirmou o jogador.

Antes de pensar em reassumir as primeiras posições, o Corinthians faz um jogo de confronto direto pela 5ª colocação com o Fluminense, que tem um ponto a menos.

O jogo marca o reencontro dos times que se enfrentaram na quarta-feira pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Foi o primeiro jogo sem a presença de Cristóvão Borges, que foi substituído por Fábio Carille.

Giovanni elogiou a atuação do novo comandante. "Foi na base da conversa. Já conhecíamos o Carille, tem a mesma filosofia do Tite para acertar contra o Fluminense. Tem que mergulhar na filosofia do Carille, porque está disposto a nos ajudar. Tem tudo para dar certo", explicou.

"Procura sempre conversar porque entramos com meta de vencer os jogos. Tem a pressão em casa naturalmente, até fico sem dormir. Temos que ter tranquilidade, porque só a gente consegue sair dessa situação", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos