Santa Fé cobra R$ 650 mil do Inter por Seijas. Colorado nega dívida

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Internacional

    Seijas é motivo de reclamação do Santa Fé, que alega atraso em pagamento

    Seijas é motivo de reclamação do Santa Fé, que alega atraso em pagamento

O presidente do Santa Fé, da Colômbia, acusa o Internacional de não ter pago a última parcela da compra de Luís Manuel Seijas. Segundo Cesar Pastrana, o Colorado deveria ter pago 200 mil dólares (R$ 650 mil)  em agosto. Em contato com a reportagem do UOL Esporte, o vice de finanças do clube gaúcho nega a existência do débito.

"É uma lástima. O Inter não cumpriu com a última cota de pagamento do Seijas, deveria ter pago em agosto. E não explicaram nada, não nos disseram a razão por não ter pago o jogador", lamentou Cesar Pastrana, presidente do Santa Fé, ao UOL Esporte. 

Os 200 mil dólares simbolizam a última parcela do total de 450 mil (R$1,4 milhão) acordados como total da contratação do atleta. O Colorado comprou 50% dos direitos dele. 

Enquanto isso, o vice de finanças do Inter, Pedro Affatato, negou a existência de tal débito. "Não, não. Tudo que havia foi pago. Só se existir alguma cláusula que eu não esteja sabendo, mas o acordado foi pago", disse em contato telefônico na tarde deste sábado. 

Com 30 anos, Seijas chegou ao Inter na janela de transferências internacionais de julho. Começou muito bem no time gaúcho e se consolidou como um dos líderes do time. Mas acabou perdendo espaço com a chegada do técnico Celso Roth e virou reserva. Até agora ele soma 14 partidas e marcou quatro gols com a camisa vermelha. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos