Jornal coloca J. Baptista e Denilson em lista de piores negócios de Wenger

Do UOL, em São Paulo

  • Shaun Botterill/Getty

    Júlio Baptista e Denilson em ação juntos pelo Arsenal

    Júlio Baptista e Denilson em ação juntos pelo Arsenal

Técnico do Arsenal nos últimos 20 anos, mas há mais de dez sem conquistar um título relevante, Arsene Wenger é constantemente criticado pela imprensa europeia. Agora foi a vez de o jornal espanhol Marca listar as dez piores contratações do treinador nestas últimas duas décadas.

Entre os nomes estão dois brasileiros: Júlio Baptista e Denilson. O primeiro, hoje no Orlando City, foi cedido por empréstimo pelo Real Madrid na temporada 2006/07 e teve uma passagem discreta pelo clube inglês, marcando apenas dez gols em 35 partidas realizadas.

Já Denilson, hoje no Cruzeiro, teve uma história maior no Arsenal. O volante revelado pelo São Paulo foi para a Inglaterra com apenas 18 anos e defendeu as cores da equipe por cinco temporadas, sendo reemprestado aos paulistas nos três últimos anos de contrato. Apesar de não conquistar nenhum título na Europa, disputou 153 jogos e anotou 11 gols.

Arsene Wenger conquistou 15 títulos nos últimos 20 anos de Arsenal. Levou três vezes o Campeonato Inglês, seis a Copa da Inglaterra e seis a Supercopa da Inglaterra. Seu auge foi na temporada 2003/04, quando foi campeão da Premier League de maneira invicta, com uma equipe que contava com Thierry Henry como grande estrela.

Confira a lista completa do Marca

1. Francis Jeffers (atacante)

2. Philippe Senderos (zagueiro)
 
3. Sébastien Squillaci (zagueiro)
 
4. Richard Wright (goleiro)
 
5. Arshavin (meio-campista)
 
6. Pascal Cygan (zagueiro)
 
7. Johan Djourou (zagueiro)
 
8. Denilson (meio-campista)
 
9. Marouane Chamakh (atacante)
 
10. Júlio Baptista (atacante)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos