Depois de executivo, vice do Inter também é ameaçado em pichação

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Reprodução/Twitter

    Escritório de Fernando Carvalho, vice de futebol do Inter, foi vandalizado

    Escritório de Fernando Carvalho, vice de futebol do Inter, foi vandalizado

Depois de Newton Drummond, diretor executivo, foi a vez de Fernando Carvalho, vice de futebol, ser alvo de ameaças anônimas. Na madrugada desta terça-feira (27), a entrada do escritório do dirigente foi pichada. A mensagem outra vez liga o rebaixamento do time no Campeonato Brasileiro.

"Sem B ou morte. FCA. Morte", diz a mensagem escrita com spray preto e vermelho, na parede lateral do acesso ao prédio onde Carvalho mantém escritório, no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre.

De volta ao clube desde o início de agosto, Fernando Carvalho é criticado por manter Celso Roth no cargo. O treinador acumula cinco derrotas consecutivas.

Pela manhã, durante treino do time antes do embarque para Santos (onde o Inter abre as quartas de final diante do time paulista), Carvalho minimizou o episódio. E saiu em defesa de Newton Drummond.

"Isso realmente é uma situação muito difícil. O Newton acordou, era madrugada. Houve manifestação, não só a pichação. Ele vai tomar medidas necessárias. Ele é profissional, chegou faz um mês e a responsabilidade dele é de um mês. Além de injusto, não tem cabimento", disse à Rádio Gaúcha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos