Visando expandir marca, Manchester City busca comprar time chinês

Do UOL, em São Paulo

  • Francois Nel/Getty Images

O grupo do xeque Mansour bin Zayed, dono do Manchester City, já observa um novo mercado para expandir sua marca. Depois de padronizar o escudo do clube inglês na mesma linha dos irmãos New York City e Melbourne City, o árabe planeja incluir entre suas propriedades um time da Superliga Chinesa.

De acordo com o diário espanhol "Sport", Zayed quer comprar uma equipe da elite do futebol chinês para dar ainda mais exposição à marca do Manchester City no mercado asiático. Um primeiro passo foi dado com a aquisição de 20% do Yokohama Marinos, clube do Japão que não passou pela padronização das equipes inglesa, americana e australiana.

O Manchester City já fez contatos com um time de Pequim e outro de Xangai a fim de realizar a compra e criar uma nova franquia que ajude a ampliar o conhecimento sobre o clube inglês mundo afora, além de permitir a formação internacional de jogadores a serem aproveitados na "matriz".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos