CBF prepara mudanças no calendário após anúncio de nova Libertadores

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Rafael Ribeiro/CBF

    Diretor de competições, Manoel Flores explicará mudanças nesta quinta-feira (29)

    Diretor de competições, Manoel Flores explicará mudanças nesta quinta-feira (29)

Após a decisão da Conmebol de aumentar a duração da Copa Libertadores da América, a CBF também prepara mudanças em seu calendário. Com mais um torneio continental ocupando parte do segundo semestre a partir de 2017, a entidade brasileira se movimenta para adequar as datas e não prejudicar os times nacionais.

O diretor geral de competições da confederação, Manoel Flores, esteve conversando com a cúpula sul-americana nos últimos dias, no Paraguai, e anunciará as adequações em entrevista coletiva nesta quinta (29), no auditório da sede da CBF.

A ideia inicial é que a principal mudança no calendário local envolva a Copa do Brasil, disputada atualmente durante boa parte da temporada. A confederação ainda não revela o que será feito, mas estuda mexer no torneio, priorizando boa parte de sua disputa no primeiro semestre.

Tudo, no entanto, ainda é embrionário e só deverá ser oficializado após a reunião do Comitê Executivo da Conmebol, que ratificará as mudanças na Libertadores.

Em vez de ser realizada em 27 semanas, como a entidade estava acostumada a fazer, o principal torneio sul-americano será disputado agora em 42 semanas, sendo jogado de fevereiro a novembro. Antes, a Libertadores costumava acabar no mês de julho.

"As mudanças são um resultado de um estudo técnico que a Conmebol vem realizando há vários meses com consultores especializados e têm o objetivo de potencializar a qualidade do futebol sul-americano", divulgou a entidade por meio de um comunicado oficial.

"Por muito tempo os clubes tiveram que escolher entre o campeonato nacional e as copas continentais, e isso afetava a qualidade de ambas as competições. Essa mudança permitirá melhorar o desempenho esportivo nos torneios nacionais, protegerá os jogadores e potencializará a qualidade de jogo nas copas continentais", afirmou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, que depois chegou a mandar um recado ao Brasil.

"Amigos do Brasil: o novo calendário da Libertadores e Sul-Americana é compatível com calendário do futebol brasileiro", disse o mandatário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos