Hudson comenta risco de rebaixamento: "Estamos alertas há muito tempo"

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri/SPFC.net

Apesar da distância de quatro pontos, a zona de rebaixamento preocupa o São Paulo. Depois de Marco Aurélio Cunha comentar sobre o assunto na terça-feira (27), nesta quarta (28) foi a vez do volante Hudson. Em entrevista coletiva, o jogador negou que o clube seja um candidato a ficar entre os quatro últimos do Brasileirão, mas disse não ignorar a possibilidade.

"Não diria um candidato, mas estamos alertas há muito tempo. Estamos próximos da zona, a diferença é pequena e todos estão cientes da situação. É difícil e precisamos vencer para afastar esse fantasma logo", declarou o volante.

O São Paulo tem 34 pontos contra 30 do Cruzeiro, 17º colocado e primeiro que seria rebaixado caso o campeonato terminasse hoje. Restam 11 rodadas para serem disputadas, e o São Paulo tem como próximo adversário no sábado (1) o vice-líder o Flamengo no Morumbi.

Enquanto os cariocas tem um compromisso pela Sul-Americana no meio de semana, os paulistas poderão se preparar com foco apenas no Brasileiro. Para Hudson, seria melhor não ter a semana livre.

"Não comemoramos porque a ideia era seguir na Copa do Brasil, mas tem a vantagem arrumar as coisas que precisamos. O Ricardo já começou a dar prioridade a algumas e precisamos resolver rápido. Ninguém está confortável", garantiu o volante.

Com o próximo jogo diante da torcida são-paulina, Hudson espera Morumbi cheio e um apoio semelhante ao recebido na Libertadores. "Precisamos deles. Ter a força deles nos deixa mais animado, nos dá mais confiança", pediu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos