Bale terá segurança reforçada em Gales após família da noiva ser atacada

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / John Sibley

    Capitão de Gales, Gareth Bale já vinha sendo escoltado por seguranças no Real Madrid

    Capitão de Gales, Gareth Bale já vinha sendo escoltado por seguranças no Real Madrid

Gareth Bale terá segurança reforçada nas duas próximas partidas da seleção de Gales depois que a família de sua noiva foi alvo de uma onda de ataques incendiários. O craque do Real Madrid se juntará à seleção nacional para disputa das Eliminatórias da Copa contra a Áustria e Geórgia.

Nos últimos dias, Bale já vinha sendo escoltado por policiais no Real Madrid. Agora, a seleção de Gales contratou seguranças particulares para seu maior astro. A medida vem depois que casas e carros da família de Emma Rhys-Jones, sua noiva, foram alvos de incêndios criminosos.

"Seja qual for o suporte que Bale precisar, nós faremos o possível. Ele é Gareth Bale, então sempre tem gente que quer se intrometer na vida dele", afirmou o técnico Chris Coleman.

"Mas esses ataques não estão conectados diretamente com Gareth. Eles têm a ver com alguém ligado com alguém que é conectado com Bale", acrescentou o treinador de Gales.

Segundo a imprensa britânica, acredita-se que os ataques a fogo começaram no fim do mês passado depois que uma maleta com dinheiro e drogas foi roubada da prima da noiva de Bale. De acordo com os investigadores responsáveis pelo caso, há suspeita de envolvimento com tráfico de drogas. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos