Federação belga investiga apostas de jogadores em suas próprias partidas

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Entidade recebeu denúncias após demissão de goleiro do Waasland-Beveren (foto)

    Entidade recebeu denúncias após demissão de goleiro do Waasland-Beveren (foto)

A Real Federação Belga de Futebol investiga "várias denúncias" a respeito de aposta de jogadores em partidas locais. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela própria entidade.

Segundo comunicado emitido pela federação, a investigação foi iniciada em 29 de setembro, um dia após o goleiro Laurent Henkinet ser demitido do Waasland-Beveren, clube que disputa a primeira divisão do Campeonato Belga. Henkinet foi desligado do clube por apostar em uma partida na qual atuou.

"Iniciamos várias investigações para comprovar se alguns jogadores infringiram o artigo 1404 dos regulamentos da Federação", diz a entidade em comunicado. O artigo em questão afirma que jogadores, dirigentes e árbitros são proibidos de apostarem em partidas nos quais participem, direta ou indiretamente – caso de um jogador suspenso, por exemplo.

A imprensa belga afirma que a prática envolve outros jogadores do Campeonato Belga. Entretanto, não cita nomes ou clubes envolvidos.

A denúncia na Bélgica vem a público dois dias após o jornal inglês The Telegraph publicar uma entrevista com o técnico Harry Redknapp, no qual ele admite que já treinou atletas que apostavam em suas próprias partidas. A prática também é proibida no Reino Unido.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos